“A Alemanha vota branco” Comercial de chocolate é acusado de racismo

Vídeo foi retirado do ar após críticas dos consumidores contra o slogan “A Alemanha vota branco”

 A marca de chocolates Küsschen, da Ferrero, teve um comercial retirado do ar na Alemanha após reações negativas dos consumidores, que acusaram o filme de esconder uma mensagem considerada racista e xenofóbica.

Sobe o mote “A Alemanha vota branco” para lançar a versão chocolate branco do produto, o vídeo estava sendo exibido justamente durante o período que antecede as eleições para o Parlamento alemão no dia 22 de setembro – e pela primeira vez um candidato negro, Karamba Diaby, do partido SPD, tem boas chances de sair vitorioso.

Alguns eleitores usaram as redes sociais para reclamar do que alegam ser uma sutil campanha eleitoral desaconselhando o voto no candidato de origem senegalesa. Depois da crise no Facebook e no Twitter, o filme, assinado pela M&C Saatchi de Berlim, foi retirado do ar.

Ao site Spiegel online, um porta-voz da Ferrero afirmou que a empresa é contra “qualquer forma de xenofobia, racismo ou extremismo de direita. Lamentamos que o comercial tenha sido mal interpretado”. A empresa afirmou ainda ao veículo que a campanha passará por modificações.

Assista ao vídeo:

 

 

Fonte: Exame

+ sobre o tema

Iniquidades raciais e as mudanças do clima

O verão brasileiro, embora conhecido pelas belíssimas praias, férias...

Conversas sobre o luto: quando uma mãe preta retorna ao mundo das encantadas

O encantamento é uma das principais heranças deixadas por...

E assim vamos nós, lutando pela existência de nossas gerações

Vamos que vamos! Frase muito usada por quem sonha...

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção...

para lembrar

Série de fotos histórica escancara o racismo nos EUA da década de 1950

Se o ano de 1956 pode hoje parecer distante...

Presidente de clube é condenado por racismo

-Fonte: Jornal de Uberaba - Presidente de um clube...

Ator global vai à polícia após filha ser alvo de racismo

Do Pragmatismo PoliticoAtor Bruno Gagliasso prestou queixa na Delegacia...

Racismo e opressão no governo italiano

Por Marina Fuser*   Novos escândalos colocam o primeiro-ministro italiano de...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=