quarta-feira, outubro 5, 2022
InícioSem categoriaA Barbie da direita é seletiva: peguem leve com o Justin e...

A Barbie da direita é seletiva: peguem leve com o Justin e dêem um pau no neguinho. Assista

Autor: Fernando Brito

 

Raquel Sheherazade, apresentadora do SBT transformada em Barbie da direita e musa dos recalcados, não é uma moça tão inflexível assim, afinal.

Ela tem compreensão e coração generoso, capaz de perdoar.

Seletivamente, é claro.

Está no Youtube uma colagem chocante.

Primeiro, os comentários da Barbie do SBT sobre as traquinagens e transgressões que acabaram levando o “astro” (astro?) Justin Bieber a ser detido por participar de um “pega” de rua, drogado e embriagado. Dias depois, já solto, foi acusado pela polícia de Montreal, no Canadá – país de 0nde é cidadão – de agredir um motorista com golpes na cabeça.

Pura compreensão: “atire a primeira pedra quem nunca foi um rebelde sem causa, quem nunca questionou seus valores, quem nunca se perdeu de si mesmo ou procurou se encontrar. Os médicos dizem que é normal, é a síndrome da adolescência, para anônimos e famosos, como Justin, é fase de turbulência, hormônios em ebulição, conflitos, agressividade, é a busca da própria identidade. Peguem leve com Justin, o menino está só crescendo.

Justin Bieber, como se sabe, faz 2o anos daqui a menos de um mês.

A seguir, porém, você assiste como Sheherazade diz que se deve agir com um rapazote negro, pobre, de 15 anos, supostamente metido em delitos, espancado por “justiceiros” e acorrentado a um poste pelo pescoço, no Rio.

Pau nele, diz a moça!

Outro Barbie, o Klaus, que ganhou o apelido de “Carniceiro de Lyon” , também pensava nessa solução para aqueles “judeus usurários…”
Não, claro que a nossa Barbie não é anti-semita.

Sua impiedosa verve, ainda que lida num teleprompter, é seletiva em outro tom, mas na mesma pauta: a da ordem.

Quem sabe ela não faz um outro texto destes mandando descer a lenha também nos camelôs, estes desordeiros que não pagam impostos e atrapalham as pessoas de bem que andam pelas ruas?

Estes párias da sociedade, como um dia foi o patrão dela, Sílvio Santos, judeu e camelô.

Que agora a paga regiamente para apregoar na TV sangue e linchamento.

Para o negrinho, claro.

Para o Bieber, devemos pegar leve.

É apenas um menino, embora cinco anos mais velho que o que é negro e merece a chibata acorrentado no poste.

 

Discurso de Sheherazade prospera: crescem os linchamentos

 

Leilane Neubarth: “Sheherazade envergonha os colegas” 

 

“Justiceiros” que amarraram jovem em poste têm longa ficha criminal

 
 

Fonte: Tijolaço

 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench