Acusado de racismo, autor ameaça tirar menino negro da novela

 

O vazamento de um pedido de Walcyr Carrasco à produção de “Amor à Vida” foi suficiente para iniciar mais uma polêmica em torno da trama das nove da Rede Globo. O autor solicitou que mudassem o visual de Jayminho, criança adotada por Niko (Thiago Fragoso) e Eron (Marcello Antony), e recebeu duras críticas nas redes sociais.

Embora Carrasco negue a informação, o blog teve acesso ao texto, no qual o novelista explicou sua decisão: “Tenho ouvido críticas muito pesadas e rejeição, principalmente ao cabelo dele. Eu quero um personagem bem aceito”.

No Twitter, o autor se defendeu: “Só quero lembrar que eu escrevi “Xica da Silva”, primeira novela com protagonista negra no Brasil. Isso sim é lutar contra o preconceito” e se explicou: “Mas a verdade é essa: só pedi para mudar o visual de Jayminho porque ele foi adotado por alguém de dinheiro. É o que aconteceria”.

Diante de tantas acusações, Carrasco perdeu a paciência. “Bem, se não estão felizes com o que estou fazendo contra o preconceito, tiro o personagem da novela e acaba a polêmica”, escreveu.

Verdade seja dita, colocar um casal gay para adotar uma criança negra com tanto amor, principalmente no caso de Niko, é sim levantar uma bela bandeira contra o preconceito.

Parêntesis: se não houver alteração no capítulo, Jayminho aparecerá com visual novo no dia 8 de novembro.

 

Matéria relacionada

A “Tal” Consciência Humana: Aluno de 8 anos com cabelo Black Power impedido de fazer rematrícula em escola

Fonte:Yahoo!

+ sobre o tema

Minha Mãe, Minha Heroína?

“Ainda bem que ninguém saiu ferido, ninguém se machucou....

Entre a fome e o gato

Já pensou no que você faria se tivesse de...

Só o PCC ameaça São Paulo?

Por Antonio Martins Breve dossiê revela: onda de assassinatos que...

Crianças negras são barradas em brinquedo de shopping, diz responsável

Sete crianças de 12 a 13 anos foram impedidas...

para lembrar

Paris tem dia de protestos contra racismo após insultos a ministra

Partido Socialista e movimento dos imigrantes sem documentos organizaram...

Bancário se recusa a atender cliente por ser negra em MS, diz delegada

Mulher tentou fazer cadastro biométrico para sacar dinheiro. Fato foi...

O desejo em rede

"Catfishing" é a gíria americana para o falseamento de...
spot_imgspot_img

Revolucionário, mas não é para todos

Passei os últimos dias pensando no significado e na profundidade de uma postagem que li numa rede social contendo a afirmação: "Descansar é revolucionário!"....

‘Nossa missão é racializar as políticas públicas em todo país’

Nomeado recentemente  como novo secretário de gestão do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), o jornalista baiano Yuri Silva tem uma tarefa...

‘A escola precisa naturalizar a cultura negra’, diz autor de ‘O Avesso da Pele’ que estará no Festival LED

Autor de “O Avesso da pele” e um dos convidados do Festival LED, nos dias 21 e 22 deste mês, Jeferson Tenório lembra com...
-+=