Acusado de roubo, estudante africano é liberado após 14 dias na prisão

 

 

Mais um caso de preconceito racial terminou em prisão no Rio de Janeiro. Desta vez, um estudante africano foi acusado por roubar um celular de duas mulheres em um ponto de ônibus. Segundo Delmar, um estudante vindo de Guiné-Bissau, ele só parou para pedir informação.

 

 

 

Fonte: R7

+ sobre o tema

Como foi estar na aula de Angela Davis sobre humanidade?

O plano inicial era redigir este texto em formato...

Carta dos diplomatas barrados no STF

Os diplomatas Carlos Frederico Bastos da Silva, 45, e...

Cuba rejeita acusações de racismo de líderes negros dos EUA

O Governo de Cuba afirmou nesta sexta-feira que são...

para lembrar

spot_imgspot_img

Fifa apresenta pacote de medidas contra o racismo no esporte

A Federação Internacional de Futebol apresentou um pacote de medidas contra o racismo no esporte. O mundo do futebol está reunido em Bangkok, na Tailândia, onde...

Tragédia no Sul é ambiental, mas sobretudo política

Até onde a vista alcança, o Rio Grande do Sul é dor, destruição. E vontade de recomeçar. A tragédia socioclimática que engolfou o estado, além da...

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....
-+=