Após Malafaia, Feliciano adere à onda Marina

Deputado Marco Feliciano, do PSC, sugere que Everaldo, do mesmo partido, desista da candidatura à presidência e apoie a presidenciável do PSB, Marina Silva; segundo ele, para “não haver divisão no meio cristão”; pastor contou ter ficado chocado com a primeira versão do programa de governo de Marina Silva, que apoiava o casamento gay, mas que comemorou o recuo da candidata diante da pressão de Malafaia

Depois do apoio oficializado pelo pastor Silas Malafaia à candidatura de Marina Silva (PSB) à Presidência, é a vez do deputado Marco Feliciano (PSC-SP), conhecido por suas posições polêmicas contra homossexuais e outros temas, como o aborto.

Ele sugeriu, nesta terça-feira 2, que o Pastor Everaldo, candidato à presidência por seu partido, desista da corrida eleitoral e também declare seu voto a Marina. O presidenciável registrava 3% das intenções de voto nas pesquisas, mas depois da entrada de Marina na disputa, caiu para 1%.

“Neste momento, dadas as circunstâncias, se eu estivesse no lugar do Pastor Everaldo, eu pensaria em declinar da campanha e migrar para Marina, para não haver divisão no meio cristão”, disse Feliciano. O deputado ressalta, no entanto, que continuará apoiando o candidato de seu partido caso ele não mude de ideia.

Em entrevista ao Broadcast Político, do Estadão, Feliciano contou ter ficado chocado com a primeira versão do programa de governo de Marina Silva, que apoiava o casamento gay, mas que comemorou o recuo da candidata diante da pressão de Malafaia.

“Marina quis dizer, na mudança do projeto de governo, que não vai influenciar as crianças na escola. Uma coisa é você ensinar a criança a não ser preconceituosa. Outra coisa é você doutrinar a criança e dizer a ela que tudo isso é tranquilo e que ela pode inclusive experimentar. Nesse quesito, Marina foi clara. A presidente Dilma, não”, disse o parlamentar.

Para não esquecer jamais!

150 líderes evangélicos rejeitam publicamente Marco Feliciano

Chamado de ‘racista’, Feliciano manda prender manifestantes e provoca confusão com a polícia

“Os africanos descendem de um ancestral amaldiçoado por Noé” disse pastor evangélico novo presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados

Para Feliciano, Mandela “implantou a cultura da morte dentro da África do Sul”

Seppir: trajetória e postura de Feliciano são preconceituosas e excludentes

Declarações de Feliciano incitam o ódio e a intolerância, diz Ministra dos Direitos Humanos

Pregação de Feliciano é ‘racista’, afirma pastor e teólogo

Fonte: Brasil 247

+ sobre o tema

O Golpe Branco do Parlamentarismo de Fato

Antes da crise que está nos jornais, há a...

Oscar em tempos de racismo – Por: Carlos Eduardo Lourenço Jorge

Consagrado pela Academia de Hollywood como melhor filme, 12...

Um quinto dos americanos acha que Obama é muçulmano, diz pesquisa

Obama frequenta a igreja e já reiterou publicamente sua...

Manifesto pede a Lula indicação inédita de ministra negra para o STF

Entidades jurídicas lançam nesta quarta-feira (8) um manifesto pela indicação...

para lembrar

Eleições: Está na hora de oxigenar instituições e fazer valer grito das ruas

Por: Mônica Francisco Na próxima semana começa a propaganda eleitoral....

Agora não é mais só uma eleição. Agora é a História.

Autor: Fernando Brito Não é difícil perceber que se formou,...

Eleições 2014: Congresso Nacional permanecerá desigual nos próximos 4 anos

Os resultados do 1º turno das Eleições 2014 demonstram...

‘Veja’ publica direito de resposta de Dilma, mas critica decisão do TSE

A publicação lamentou “a fragilidade a que se submete,...

O Brasil se movimenta a partir das mulheres negras

Pela primeira vez celebramos o julho das pretas num Brasil com quatro ministras de Estado negras —e não vamos simular normalidade. É histórico, uma ventania de...

Tiro no pé ambiental

O Congresso pressionou, e o governo cedeu justamente nas áreas —climática e ambiental— que fazem este país ser relevante aos olhos do mundo. Ao desidratar parte das pastas do...

Querem o governo Bolsonaro no governo Lula, diz Marina Silva sobre desmonte ambiental

Para a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (Rede), a tentativa de alteração da Esplanada dos Ministérios empreendida pelo Congresso pretende reinstalar a política ambiental do governo...
-+=