Apresentação de Beyoncé no Grammy 2017 foi uma ode à força feminina

Grávida de gêmeos, cantora homenageou a maternidade

Do HuffPost Brasil

Foto: Kevin Winter/Getty Images

Beyoncé pode até não ter levado a maioria das estatuetas que concorria no Grammy Awards 2017, mas foi ela quem fez a apresentação mais tocante e empoderada da premiação.

Como não poderia ser diferente, a apresentação de Beyoncé era um dos momentos mais aguardados do Grammy, já que seria o primeiro show da cantora após anunciar a gravidez de gêmeos.

E Beyoncé não deixo a desejar em nenhum quesito. Apresentada pela própria mãe Tina Knowles, a cantora deu as caras na cerimônia direto do palco. Com uma roupa quase sacra, usando uma coroa reluzente e longo véu, Beyoncé fez questão de deixar a barriga em evidência.

A cantora escolheu interpretar Love Drought e Sandclastles, músicas de Lemonade, álbum que tem forte teor político e fala sobre empoderamento das mulheres e das raízes negras da cantora. “Você se lembra quando nasceu?”, perguntou Beyoncé, introduzindo sua performance.

Beyoncé fez um show diferente do que está acostumada. Sem grandes performances e rodeada por mulheres em toda a apresentação, Bey cantou sobre mulheres para as mulheres.

A força feminina e a maternidade foram tecidos em todas as partes da apresentação, com referências em quase todos os detalhes que dominaram o medley.

Beyoncé finaliza o show com a frase “Se vamos curar, que seja glorioso”, uma clara mensagem de força a todas as mulheres que lutam por seus direitos e pela igualdade.

A cantora venceu as categorias de Melhor Álbum Urbano Contemporâneo por Lemonade e Melhor Clipe por Formation.

Sua performance foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais:

+ sobre o tema

Artistas lançam manifesto em homenagem ao escritor negro James Baldwin

Compartilhado no perfil da cantora, Janelle Monáe o vídeo...

Black Fashion Week: o melhor da moda africana

Até ao dia 23 de fevereiro, a Avenida da...

Como escravos entravam na Justiça e faziam poupança para lutar pela liberdade

Em 1883, Rita entrou com uma ação na Justiça...

para lembrar

Edson Cardoso, o Jacaré do É o Tchan, se firma como ator dramático

O baiano, que integra o programa 'Aventuras do Didi',...

Serena Williams faz 1ª aparição desde o anúncio de gravidez

Mamãe de primeira viagem, a tenista Serena Williams fez...

Emicida recebe Flora Matos em São Paulo

O rapper Emicida, um dos nomes mais efervescentes...

Iza diz que comparações a Anitta e Ludmilla são ‘machistas e desnecessárias’

Cantora promete lançar hit do verão de 2020 com...
spot_imgspot_img

Mães e Pais de Santo criam rede de solidariedade para apoiar comunidades de matriz africana afetadas no Sul

Quando a situação das enchentes se agravou no Rio Grande do Sul, Ialorixás e Babalorixás da cidade de Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre,...

6 brasileiros que lutaram pelo fim da escravidão no Brasil

O fim da escravidão no Brasil completa 136 anos em 13 de maio deste ano. Em 1888, a princesa Isabel, filha do imperador do Brasil Pedro 2º,...

Mostra Competitiva Adélia Sampaio recebe inscrições de filmes de mulheres negras até 16 de junho

A 6ª edição da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio está com inscrições abertas para filmes dirigidos por mulheres negras de todo o...
-+=