Dia da Mulher Negra na América Latina e Caribe em Salvador (BA)

O dia 25 de julho foi escolhido durante o 1º Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas,em Santo Domingo,capital da República Dominicana,em 1992. Na capital baiana,a data também já faz parte do calendário oficial desde 2008,instituída através da Lei 7.440.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD),realizada em 2007,mostra que as mulheres representam 52,4% da população da Região Metropolitana de Salvador (RMS),um total de 1.545.137. Sendo que,destas,aproximadamente 81,9% são negras e “pardas”. Mas,mesmo sendo maioria,em Salvador,as negras são as que mais sofrem como a questão salarial.

Para comemoração desta data o Círculo Palmarino e o Bar Cultural Sitoc realizam o evento“Conversas na Roda”,dia 25,segunda-feira,das 17h às 19 horas com as seguintes convidadas:

Meire Reis (Círculo Palmarino)

Sandra (Guerreira Sem Teto – MSTB)

Maria Lúcia Santos (Bairro da Paz)

Coordenação:Gabriela Santos.

Todas e todos podem e devem comparecer!

Dia 25 de julho,segunda-feira

Das 17h às 19 horas:

Bar Cultural Sitoc – Rua do Passo,40 – Pelourinho,Centro Histórico de Salvador. Telefone:(71) 3326-6053

Atividade Cultural com:DJ Riffs

Realização:Sitoc – Circulo Palmarino

+ sobre o tema

Eventos promovem feminismo negro com rodas de samba e de conversa

"Empoderadas do Samba" ocupa espaço ainda prioritariamente masculino e...

Dandara: ficção ou realidade?

Vira e mexe, reacende a polêmica sobre a existência...

Michelle Obama está farta de ser chamada “mulher revoltada de raça negra”

“Uma mulher revoltada de raça negra”. Michelle Obama está...

A banalização da vida diante da cultura do abandono e da morte

O ano de 2017 expondo as vísceras da cultura...

para lembrar

Mortalidade materna de mulheres negras é o dobro da de brancas, mostra estudo da Saúde

Assim como outros indicadores de saúde, a mortalidade materna é...

Racismo institucional e ensino da cultura africana são debatidos entre governo e movimento negro

 A presidenta Dilma Rousseff recebeu nesta sexta-feira (19),...

25 de julho é de memória, luta e reconhecimento para mulheres negras

No mundo inteiro as mulheres têm buscado associar dias,...

Igreja continuará satanizando direitos das mulheres? por Fátima Oliveira

O papa Francisco, num mesmo dia, 20 de setembro,...
spot_imgspot_img

Ela me largou

Dia de feira. Feita a pesquisa simbólica de preços, compraria nas bancas costumeiras. Escolhi as raríssimas que tinham mulheres negras trabalhando, depois as de...

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...

Comida mofada e banana de presente: diretora de escola denuncia caso de racismo após colegas pedirem saída dela sem justificativa em MG

Gladys Roberta Silva Evangelista alega ter sido vítima de racismo na escola municipal onde atua como diretora, em Uberaba. Segundo a servidora, ela está...
-+=