Em meio à alta de casos de Covid, apenas 5,5% das crianças de 3 a 4 anos tomaram duas doses da vacina, diz Fiocruz

Enviado por / FontePor Marina Pagno, do G1

Faixa etária pode ser vacinada com a Coronavac desde julho, quando a Anvisa aprovou o uso emergencial do imunizante. Em quatro meses, vacinação infantil chegou a ser suspensa em alguns municípios por causa da falta de doses.

Apenas 5,5% das crianças de 3 a 4 anos receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (16) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A faixa etária começou a ser vacinada no Brasil em julho, quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial da Coronavac para o público acima dos 3 anos.

Em quatro meses, 938.411 crianças de 3 e 4 anos tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid, e 323.965 tomaram as duas doses do imunizante, completando o esquema vacinal do imunizante. O Brasil possui hoje cerca de 5,9 milhões de crianças dentro dessa faixa etária.

Os números foram levantados pelo grupo Observa Infância (Fiocruz/Unifase) com base nos dados de vacinação do sistema do Ministério da Saúde, e chegam em um momento em que o País voltou a registrar um aumento de casos de Covid por conta do avanço de novas subvariantes da ômicron. Especialistas apontam a vacina como um dos meios para evitar hospitalizações e mortes pela doença.

“O atraso na vacinação infantil é preocupante, uma vez que, até junho de 2022, o Brasil registrava uma média de 2 mortes diárias por Covid-19 entre crianças menores de 5 anos”, afirmou a coordenadora do Observa Infância, Patricia Boccolini.

Um dos motivos para a lentidão da vacinação infantil está na escassez de doses. Desde a disponibilização da Coronavac para crianças de 3 a 4 anos, estados vêm recebendo o imunizante a conta-gotas pelo Ministério da Saúde.

Vários municípios já reclamaram de falta de Coronavac e alguns chegaram a suspender a imunização dos pequenos por não terem a vacina nos estoques. O último caso aconteceu no Rio de Janeiro.

Neste mês, o Ministério da Saúde comprou um lote com 1 milhão de doses da Coronavac junto ao Instituto Butantan, produtor da vacina no Brasil. A quantidade é considerada insuficiente já que, no momento, esse é o único imunizante distribuído pelo governo federal para crianças de 3 a 4 anos.

Mas essa não é a única vacina disponível no País para a faixa etária. Há também a chamada Pfizer baby, destinada para bebês e que também pode ser usada em crianças de até 4 anos. Porém, o Ministério da Saúde decidiu destinar o primeiro lote do imunizante, com 1 milhão de doses, apenas para os pequenos de 6 meses a 2 anos e 11 meses de idade com comorbidade. Ainda não há previsão de ampliação da vacina para o restante do público.

“Desde a aprovação da Pfizer pediátrica pela Anvisa, em 16 de setembro, 26 crianças menores de 5 anos já morreram em decorrência da doença, o equivalente a dois óbitos a cada três dias”, completou Patricia Boccolini.

+ sobre o tema

Racismo Prejudica Combate a AIDS

Entrevista/Karen Bruck Coordenadora do Programa Integrado de Ações Afirmativas para...

‘Novo câncer’ pode ser desencadeado por implante de silicone

Um novo tipo de câncer, chamado linfoma anaplásico de...

Cerca de 100 especialistas em HIV estavam em avião da Malásia

Mortes de dezenas de destacados especialistas na área provocam...

“Mais Médicos” reforça a atenção básica na Maré

A Vila dos Pinheiros, uma das 15 comunidades que...

para lembrar

No ritmo atual, Brasil só conseguirá vacinar 70% da população em 2024

Se o Brasil mantiver o atual ritmo de vacinação,...

Ainda não acabou. Vacina para todas e todos já!

No Rio de Janeiro o ano começou com aumento...

Como a necropolítica e o coronavírus condenam o sistema carcerário

As políticas voltadas ao sistema carcerário são essenciais para...

Mulheres em isolamento: quando a própria casa é o espaço inseguro

A Justiça do RJ já registrou um aumento de...
spot_imgspot_img

Crianças de 10 a 11 anos serão as primeiras a vacinar contra dengue

O Ministério da Saúde iniciou nesta quinta-feira (8) a distribuição das vacinas contra a dengue. A pasta informou ainda que o lote inicial será...

Primeiras doses da vacina do SUS contra dengue chegam ao Brasil

A primeira remessa da vacina contra a dengue que será oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) chegou ao Brasil neste sábado (20). O...

Vacinação protege crianças de sequelas da covid-19

Além de evitar casos graves da covid-19, a vacinação infantil contra a doença é fundamental para proteger as crianças de sequelas da infecção, a...
-+=