‘Essa é uma discussão cafona’, diz Paulo Borges sobre cotas para negros

Fonte: G1 –

 

 

 

 

Além de integrar o calendário oficial do ano da França no Brasil, a 27ª edição da São Paulo Fashion Week começa oficialmente nesta quarta (17) envolta em uma questão que vem gerando polêmica entre os profissionais da área: o incentivo a modelos negros nas passarelas.

“No mundo global, essa é uma discussão cafona”, disse Paulo Borges, criador do evento, em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (16).

Em maio, a organização da SPFW assinou um acordo com o Ministério Público Estadual se comprometendo a incentivar as grifes a contratar 10% de modelos afro-descentes e indígenas para os desfiles.

“Os estilistas e a São Paulo Fashion Week como instituição estão se antecipando a uma lei que pode ser aprovada”, comentou Borges.

 

 

 

 

Matéria original: ‘Essa é uma discussão cafona’, diz Paulo Borges sobre cotas para negros

+ sobre o tema

“Defrontamo-nos com a feroz urgência do agora” – Luther King é bom para a Humanidade

Na última terça-feira, 4 de abril, celebrou-se e problematizou-se...

Mackenzie suspende estudante de Direito que publicou vídeo dizendo que ‘negraiada vai morrer’

Apoiador de Bolsonaro também foi demitido de escritório de...

De novo: Vogue Itália é acusada de racismo por editorial

Entenda a confusão Após a polêmica enfrentada em...

A dor de Lázaro e a omissão de Jaques Wagner

Por: Douglas Belchior A história que cerca a família...

para lembrar

Rancor de mão dupla

Um tweet vale mais do que mil imagens? Por Lúcia...

O fascismo dos ‘meninos do Rio’

Vítor Suarez da Cunha, o jovem de 21 anos,...

Jornalista Joice Hasselmann, ofende e discrimina social e racialmente senadora negra dentro do senado Brasileiro

Por Mônica Aguiar Do Monicaa Guiarsouza Não existe palavras para responder...

Ângela Portela cobra mais ações afirmativas para população negra

Ainda há muito a ser feito para compensar a...
spot_imgspot_img

Educação escolar de negros com deficiência é marcada por capacitismo e racismo

Apesar da acessibilidade ser um direito garantido por lei para as pessoas com deficiência, a falta de ambientes acessíveis foi um dos principais problemas...

Em ‘Sitiado em Lagos’, Abdias Nascimento faz a defesa do quilombismo

Acabo de ler "Sitiado em Lagos", obra do ativista negro brasileiro Abdias Nascimento, morto em 2011, no Rio de Janeiro. A obra, publicada agora pela...

Registros de casos de racismo aumentam 50% entre 2022 e 2023 no estado de SP

Números obtidos via Lei de Acesso à Informação pela TV Globo, mostram que o número de ocorrências registradas por racismo e injúria racial tiveram alta...
-+=