Estudo revela por que as mulheres se desculpam tanto

Homens descrevem menos razões para receber desculpas

 

Um estudo feito pela Universidade de Waterloo, no Canadá, mostra que as mulheres pedem mais desculpas do que os homens, mas, que isso acontece não porque eles resistam a se desculpar, mas porque pensam que cometem menos erros.

Karina Schumann, estudante de doutorado em psicologia social da universidade, explica ao site Live Science que existe o estereótipo de que as mulheres tendem a pedir mais desculpas que os homens porque eles seriam mais “duros na queda”, mas não há evidências que comprovem essa ideia.

– Os homens não resistem a pedir desculpas por não assumir a responsabilidade de suas ações. Quando eles percebem que fizeram algo errado, se desculpam com a mesma frequência que as mulheres. A diferença é que eles pensam que erram menos.

Em um teste, 33 estudantes com idade entre 14 e 44 anos, escreveram uma espécie de diário em que contavam situações pelas quais deveriam se desculpar, efetivamente se desculparam ou em que julgavam merecer um pedido de desculpas.

O resultado foi idêntico: 81% dos homens e das mulheres pediram desculpas em situações em que acharam necessária essa atitude. Os homens indicaram menos situações para se desculpar que as mulheres. Também descreveram menos razões para receber desculpas.

Depois de analisar as descrições, a pesquisadora fez outro estudo, com 120 pessoas. A tarefa era que os pesquisados julgassem se algumas ações eram graves. Dessa vez, as mulheres consideravam algumas atitudes mais graves que os homens. Por isso, acharam que um maior número de ações merecia uma retratação.

A pesquisa de Karina foi publicada na revista científica Psychologial Science e ela diz que as conclusões servem para que ambos os sexos se relacionem melhor.

– Em vez de achar que o seu parceiro pode ler sua mente e entender suas emoções com precisão, você precisa se comunicar e mostrar o que está sentindo porque ele pode estar vendo a mesma situação com um olhar diferente do seu.

 

 

Fonte: R7

+ sobre o tema

Olha, eu sou da pele preta: graças a Deus!

Há um ano e seis meses, resolvi recomeçar a...

MV Bill presta depoimento no Rio e nega ter agredido irmã

O rapper Alex Pereira Barbosa, o MV Bill, prestou...

Prêmio Mulheres Negras Contam Sua História – Resultado

A Secretaria de Políticas para as Mulheres divulga o...

para lembrar

Prorrogadas inscrições para o ‘Prêmio Lélia Gonzalez’

O prazo para postagem de propostas para o 'Prêmio...

“Aquilombamento é o que eu busco fazer no audiovisual” conta cineasta Carine Fiúza

Para Carine Fiúza, o audiovisual deve superar as barreiras...

Bate-papo discute Força da Mulher Negra e Empreendedora no Senac

O evento acontece no dia 21 e é promovido...
spot_imgspot_img

Casa Sueli Carneiro abre as portas ao público e apresenta o III Festival Casa Sueli Carneiro, pela primeira vez em formato presencial

RETIRE SEU INGRESSO A Casa Sueli Carneiro, fundada em dezembro de 2020 e atuando em formato on-line desde abril de 2021, é uma entidade criada...

Aborto legal: falhas na rede de apoio penalizam meninas e mulheres

As desigualdades sociais no Brasil podem explicar a razão para que meninas e mulheres busquem apoio para o aborto legal também após 22 semanas...

Referência do feminismo negro, Patricia Hill Collins vem ao Brasil para conferência, curso e lançamento de livro

Referência do feminismo negro, a socióloga estadunidense Patricia Hill Collins participa, nesta quarta-feira (19), de um evento em Salvador, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb)....
-+=