Fundo Brasil vai doar R$ 680 mil para projetos de Jornalismo Investigativo

Edital para seleção de iniciativas será lançado no dia 29 de junho, no 12º Congresso da Abraji

Por  CRISTINA CAMARGO , do Fundo Brasil 

O Fundo Brasil lança no próximo dia 29, durante a abertura do 12º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji, o edital “Jornalismo Investigativo e Direitos Humanos”. O objetivo é apoiar organizações da sociedade civil e/ou indivíduos que apresentem propostas cujo foco seja a violência institucional e a discriminação.

A iniciativa visa estimular a produção de jornalismo investigativo de alta qualidade, com reportagens que contem histórias relevantes e que contribuam para melhorar a compreensão da sociedade sobre violações de direitos humanos. O edital é realizado por meio de uma parceria com a Fundação Ford, a Fundação Open Society e a Clua (Climate and Land Use Alliance).

Para o Fundo Brasil e seus parceiros no edital, o jornalismo investigativo é capaz de estimular mudanças no país e promover os direitos de todas e todos.

Serão destinados R$ 680 mil para apoiar pelo menos 17 projetos – cinco deles devem estar relacionados a questões de violação de direitos socioambientais.

Os projetos devem ser de no mínimo R$ 25 mil e no máximo R$ 40 mil, com a duração de até 12 meses e devem conter a produção de pelo menos uma reportagem; plano de disseminação, incluindo estimativa de alcance do material produzido, possível público alvo e os caminhos para chegar lá; cobertura jornalística abrangente do tema proposto; e valorização das vozes e dos sujeitos que sofrem violações de direitos humanos.

As organizações e/ou indivíduos interessados devem apresentar uma proposta preliminar até o dia 28 de julho, de acordo com um roteiro que estará disponível no site do Fundo Brasil após o lançamento. Elas passarão por uma pré-seleção. Somente as organizações e/ou indivíduos escolhidos nesta primeira fase deverão enviar propostas completas que serão analisadas por um comitê de seleção independente formado por especialistas no tema.

Durante o Congresso, o Fundo Brasil estará com um estande e com uma equipe à disposição para entregar material relativo à iniciativa e para disponibilizar mais informações.

Fundo Brasil

Com dez anos de existência, o Fundo Brasil tem o compromisso de disponibilizar recursos para apoio institucional e atividades de organizações da sociedade civil e de defensores e defensoras de direitos humanos em todo o território nacional, priorizando os que disponham de poucos recursos ou que tenham dificuldades de acesso a outras fontes.

Congresso da Abraji

O 12º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji será realizado de 29 de junho a 1º de julho no campus da Vila Olímpia da Universidade Anhembi Morumbi (rua Casa do Ator, 275, São Paulo). Serão 70 palestras, painéis e cursos práticos distribuídos em sessões paralelas.

+ sobre o tema

O que acontece com os médicos brasileiros?

Talvez nós todos nos tivéssemos deixado levar por uma...

Seleção para 123 mil trabalhos de fim de ano já começou; veja como se candidatar

Fonte: Globo.com Pelo menos 23.979 vagas temporárias já estão...

‘Mentalidade’ é obstáculo para empreendedoras brasileiras, diz especialista

Arancha González é diretora do International Trade Centre –...

A grita contra PNDH

Nota do Instituto de Estudos Socioeconomicos (INESC) sobre a...

para lembrar

O sistema de saúde cuida das mulheres negras?

Mulher negra, Elis, 38, passou anos até conseguir um...

Anistia Internacional: letalidade policial na Copa se repete antes da Olimpíada

Rio de Janeiro - Em 2014, ativistas e moradores...
spot_imgspot_img

Evento do G20 debate intolerância às religiões de matriz africana

Apesar de o livre exercício de cultos religiosos e a liberdade de crença estarem garantidos pela Constituição brasileira, há um aumento relevante de ameaças...

Raça e gênero são abordados em documentos da Conferência de Bonn

A participação de Geledés - Instituto da Mulher Negra na Conferência de Bonn de 2024 (SB 60), que se encerrou na última quinta-feira 13,...

NOTA PÚBLICA | Em repúdio ao PL 1904/24, ao equiparar aborto a homicídio

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns vem a público manifestar a sua profunda indignação com a...
-+=