Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Ex-Destiny’s Child falou sobre bate-boca que viralizou nas redes na última semana

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu lado da história nesta quinta-feira (22) e afirmou que não iria ultrapassar seus limites.

A ex-integrante do grupo Destiny’s Child foi questionada pela revista Associated Press sobre o incidente — que viralizou nas redes e dividiu internautas acerca do posicionamento da artista.

“A mulher sabe o que aconteceu, eu sei o que aconteceu”, disse ela. Sobre o que teria acontecido, Kelly apontou: “Eu não recuei, e ela sentiu que não deveria recuar também”.

Paparazzi flagraram quando Rowland se desentendeu com uma staff do local, que a tocava nos braços para apressar sua entrada no teatro francês. “Outras mulheres que não se parecem comigo estiveram aqui, e não foram escoltadas para fora do tapete, empurradas ou mandadas para fora”, argumentou.

Veja o que aconteceu:

Veja o que Kelly disse sobre o ocorrido:

+ sobre o tema

Queremos ver os jovens vivos !

30 mil jovens por ano são assassinados no Brasil....

Em carta, Wächter afirma que nazistas entravam no Brasil sem passaporte

Comandante da SS explica a colega nazista como fugir...

Figurinista é vítima de ataque racial por ter cabelo black power

Foto de Larissa Dias com ataques e ofensas racistas...

Programação discute o combate ao racismo em municípios do Pará

Dia Nacional de Combate ao Racismo é comemorado no...

para lembrar

Jovens entram em confronto com polícia no norte da França

Dezenas de carros, um centro de lazer e uma...

Mãe e filha acusam mercado Compre Bem de discriminação racial

Por: Artur Rodrigues   Mãe e filha acusam mercado de racismo Duas...

Famílias acusam Pato Donald de racismo e processam a Disney

A Disney enfrenta diversas acusações de racismo na...

Quatro argumentos utilizados pelos racistas para justificar seu preconceito

“O conceito de beleza é pessoal” e “não se...
spot_imgspot_img

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....

Como as mexicanas descriminalizaram o aborto

Em junho de 2004, María, uma jovem surda-muda de 19 anos, foi estuprada pelo tio em Oaxaca, no México, e engravidou. Ela decidiu interromper...
-+=