Lula diz que Serra está com ‘dor de cotovelo’

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que não está no cargo para curar “dor de cotovelo” do candidato de oposição José Serra (PSDB) nem pretende exercer o papel de “censor da internet”.

Lula fez a afirmação em Esteio, na região metropolitana de Porto Alegre, em resposta a informação publicada pela Folha de que Serra havia dito que alertara o presidente para o vazamento de dados de sua filha, Verônica, protegidos por sigilo fiscal.

“Primeiro acho que nosso adversário deveria procurar um novo argumento. Não é possível que possa pedir que eu censure a internet. Não posso fazê-lo. Ele não me alertou. Ele se queixou”, afirmou.

De acordo com o petista, os dados publicados em blogs que Serra chama de “chapa branca” não têm nada de relevante nem são frutos de quebra de sigilo fiscal.

“Sempre achei que a internet livre tem coisa extraordinariamente séria e coisa extraordinariamente leviana. Não tem nada demais o que a internet publicou sobre a filha de Serra. Há insinuações como há contra o presidente Lula, contra a família do presidente Lula, contra vocês jornalistas individualmente. Se escrevem alguma coisa que o internauta não gosta, tomam cacete o dia inteiro.”

Lula aproveitou para aconselhar rumos para a campanha tucana e criticou a ação do PSDB no TSE pedindo a impugnação da chapa da petista Dilma Rousseff.

“O Serra precisa saber uma coisa: eleição a gente ganha convencendo os eleitores a votar na gente. Não é tentando convencer a Justiça Eleitoral a impugnar a adversária. Isso já aconteceu em outros tempos, na ditadura militar. Na democracia, o sr. Serra que vá para rua, que melhore a qualidade de seu programa (de TV).”

O presidente sugeriu que o tucano apresente propostas para o crescimento industrial do país. “Hoje ele deve estar com dor de cabeça porque o PIB, segundo o IBGE, vai crescer mais do que os mais otimistas diziam que iria crescer. Vai crescer 7%.”

De acordo com o petista, o país vive um “momento de ouro”. “E eu não vou permitir que nenhuma futrica menor, porque não tem nenhuma acusação grave contra o Serra, tem aquelas coisas de internet, atrapalhe. O presidente da República tem coisa mais séria para cuidar do que as dores de cotovelo do Serra.”

Lula chegou a Esteio às 15h30, com uma hora de atraso. Visitou a exposição agropecuária, aberta ontem, passando por vários estandes de agronegócios, vários deles de cooperativas e pequenos agricultores, os quais o aplaudiram e o festejaram com apupos e fotos.

Já nos estandes de gado, Lula chegou a ouvir vaias de produtores que ficaram o dia inteiro impedidos de realizar negócios, porque a segurança da Presidência isolou o local, restringindo a livre circulação de interessados em compras.

Lula assustou sua própria segurança ao descer do carro para visitar a seção de máquinas agrícolas sem aviso prévio. Subiu em tratores, tirou fotos com lideranças e só deu entrevista após os jornalistas se queixarem de que estava indo embora sem falar.

Fonte: Folha.com

+ sobre o tema

Lancellotti, Varella, Suplicy e outros

Minha filha me pergunta qual é o nome do...

Abdias concorre ao Premio Nobel da Paz 2010

Por: PLÍNIO FRAGA Pouco ousado, Lula não foi até o...

Daniel Munduruku: “Índio é invenção total, folclore puro”

Tatiana Mendonça Volta e meia, o paraense Daniel Monteiro Costa,...

para lembrar

Ex-sacoleiro monta bar no Morro da Providência e quer atrair ‘gringos’

Após pacificação, vendedora de quentinhas virou dona de pensão Para...

Reforma trabalhista é aprovada no plenário da Câmara

Texto que altera pontos fundamentais da CLT é aprovado...

Sobre ir em frente: fragilidades e fortalezas; também traições

Fonte: O Tempo - por: Fátima de Oliveira Chega de...

Pesquisa mostra que brasileiros usam a internet para se informar sobre política

Pesquisa do Instituto Ibope, divulgada nesta quinta-feira, mostra que...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...

Em 20 anos, 1 milhão de pessoas intencionalmente mortas no Brasil

O assassinato de Mãe Bernadete, com 12 tiros no rosto, não pode ser considerado um caso isolado. O colapso da segurança pública em estados...
-+=