sexta-feira, novembro 26, 2021
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoMês da Consciência Negra: Vivência "Afro Ecológica" traz resgate a ancestralidade

Mês da Consciência Negra: Vivência “Afro Ecológica” traz resgate a ancestralidade

Dois dias de imersão profunda em uma cultura ancestral e sagrada, composta de signos materiais e espirituais, na experimentação de um conhecimento perpetuado pela tradição, é a proposta da  Vivência “Afro Ecológica”, que acontece no sábado (27) e domingo (28), a partir das 8h, trazendo conhecimento do legado do Babalorixá Jair de Ogum (in memorian).

O roteiro, que é uma parceria entre Associação Ilê da Oxum Apará , Coletivo Pés no Chão, CenaTur –  Roteiros Inteligentes, é aberto com um vídeo de apresentação do Babalorixá, já situando a importância daquele local que é portanto, um espaço de resistência, combate ao racismo e a intolerância.

É proposto ao longo dos dois dias, visitas guiadas ao acervo local, onde os visitantes poderão conhecer mais de 3 mil obras etnográficas que compõem o Memorial do Centro Cultural Santa Cândida. Elas se dividem em obras de artes africanas, dos povos originários e sincréticos; além de uma biodiversidade etno-botânica com variedade de flores, árvores frutíferas, plantas ornamentais e plantas sagradas. 

A associação Ilê da Oxum Apará, fica localizada em um território de 50 mil metros, em Itaguaí, onde os assentamentos, a Igreja Nossa Senhora Imaculada da Conceição, a lagoa de Oxum e as árvores, todos esses elementos sagrados, estão disponíveis para visitação. Configurando um verdadeiro museu a céu aberto. 

Por se tratar de um conhecimento vivo, a possibilidade de ampliar sua propagação a partir da vivência, articula o roteiro afro ecológico diretamente aos princípios culturais dessa comunidade. Proporcionando uma experiência inédita! 

A programação inclui oficinas, que objetivam integrar ainda mais o visitante à ancestralidade, elemento fundamental da cultura de matriz africana. São elas: “Oficina Pés no Chão”, o “Ritual do fogo – fogueira de Xango”, “Oficina de Jongo”, “Afro gastronomia” e “Oficina afro-experiência”. 

O ponto de partida é o Largo de São Francisco da Prainha, reduto cultural da Cultura afro-brasileira no Rio de Janeiro. Acompanhados de um guia, os visitantes embarcam nas vans para esta imersão de dois dias. 

Interessados em outras e reservas podem entrar em contato pelo Whatsapp (21) 982075757 ou cenaportuariaproducoes@gmail.com

Serviço: 

Vivência “Afro Ecológica” – Mês da Consciência Negra

DATA: 27 e 28 de novembro

HORA: embarque 8h no Largo São Francisco da Prainha 

LOCAL: Ilê Oxum Apará

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
RELATED ARTICLES