Museu de NY vai retirar estátua de Teddy Roosevelt por simbologia racista

Enviado por / FonteAFP, no EM

O Museu de História Natural de Nova York anunciou que vai retirar a estátua do ex-presidente americano Theodore Roosevelt da entrada principal da instituição, em um momento de intensa campanha nacional contra os monumentos históricos considerados racistas.

O museu informou que fez o pedido ao prefeito de Nova York, Bill de Blasio, e que este aceitou em meio às manifestações nacionais contra o racismo e a brutalidade policial após a morte de George Floyd, um homem negro, por um policial branco em 25 de maio em Minneapolis.

“Enquanto nos esforçamos para avançar na busca apaixonada de nossa instituição, nossa cidade e nosso país por justiça racial, acreditamos que a remoção da estátua será um símbolo de progresso e de nosso compromisso para construir e sustentar uma comunidade do museu inclusiva e equitativa e uma sociedade mais aberta”, afirmou Ellen Futter, presidente do museu, em um comunicado.

Teddy Roosevelt, que foi presidente dos Estados Unidos de 1901 a 1909, é considerado um dos primeiros conservacionistas e naturalistas americanos.

Mas sua estátua de bronze, que desde a inauguração do museu em 1940 o apresenta poderoso, a cavalo, ao lado de um negro e um indígena a pé a cada lado, simboliza para muitos o colonialismo e a discriminação racial.

O prefeito aceitou o pedido para retirar a imponente estátua de Theodore Roosevelt da entrada do museu, localizada no Central Park West, diante do Central Park.

“O Museu Americano de História Natural pediu para remover a estátua de Theodore Roosevelt porque apresenta explicitamente negros e indígenas como subjugados e racialmente inferiores. A cidade apoia a solicitação do museu”, afirmou De Blasio.

“É a decisão correta e o momento correto para remover esta estátua problemática”, completou o prefeito.

O bisneto de Roosevelt, Theodore Roosevelt IV, administrado do museu, concordou com a decisão.

“O mundo não precisa de estátuas, relíquias de outro época, que não refletem os valores da pessoa que desejam homenagear nem os valores de igualdade e justiça”, afirmou no mesmo comunicado.

Manifestantes que protestam contra o racismo nos Estados Unidos atacaram estátuas de várias figuras históricas, incluindo o navegador italiano Cristóvão Colombo, apresentado por séculos como o “descobridor da América”, mas agora considerado por muitos como um dos responsáveis pelo genocídio indígena, em Richmond, Virgínia; em Boston, Massachusetts; e em Miami, Flórida.

 

 

Leia Também:

Monumentos públicos de figuras controversas da história deveriam ser retirados? SIM

As estátuas do nosso desconforto

Vamos derrubar estátuas para descolonizar

+ sobre o tema

“Brancos e negros se beneficiam da diminuição da desigualdade”

Por Candeia Blog – Eliézer Giazzi Por que ainda somos racistas? Embora o...

Fundo de Bolsas para Equidade Racial do Singularidades

Não acreditamos que é possível mudar o Brasil sem...

para lembrar

Rivais em campo, mas unidos contra a extrema direita

Em tempos de xenofobia, populismo e antissemitismo em alta,...

“Eu não tinha ideia do racismo que eu sofreria como Miss USA”

Deshauna Barber revela como usar o seu cabelo natural...
spot_imgspot_img

O amor com o sol da manhã

Eu gosto do amor, eu gosto de amar. Inclusive, já escrevi muito sobre o amor nestas páginas, algumas vezes de forma explícita, outras vezes...

Se o Estado perder o controle, o que vai restar?

Cinco pessoas foram mortas durante a 16ª operação policial do ano no Conjunto de Favelas da Maré, nesta terça-feira, 11 de junho. Uma das...

Após ‘discriminação racial’, Lewis Hamilton compartilha postagem em defesa a Bukayo Saka

O heptacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton, utilizou suas redes sociais para compartilhar um texto em em defesa do jogador Bukayo Saka, da...
-+=