Narrativas Afro-brasileiras na Biblioteca Paulo Duarte, em São Paulo

Toguna – Narrativas Afro-brasileiras na Biblioteca Paulo Duarte, em São Paulo. Até dia 28 de setembro, o coletivo artístico reúne em uma só programação, atividades educativas, oficinas, espetáculos, sarau, exposição e contação de histórias. O Coletivo Quizumba ocupa a Biblioteca Paulo Duarte e apresenta Toguna – Narrativas Afro-brasileiras, que segundo Tadeu Renato, dramaturgo e integrante do grupo, Toguna significa o espaço em que todos sentam lado a lado para ouvir e compartilhar histórias. “Em muitas tribos africanas existem a figura dos Griots, narradores e guardiões do conhecimento, a cada contação eles fortalecem a compreensão do universo em que vivem”, explica.

O evento conta com a Exposição “A Representação do Negro na Literatura Infanto-juvenil”, que mostra como o negro foi retratado em obras voltadas às crianças nos últimos 30 anos. Dentre as inúmeras atividades lúdicas, Narração de Histórias de Contos Africanos: Cantos de Aiyê, Oficina de Teatro para jovens a partir de 15 anos e Criação Literária voltada à terceira idade.

Oralidade e Escrita na Cultura Africana e Afro-brasileira e O Registro da Cultura Afro-Brasileira em suas Diversas Linguagem, são os temas das mesas redondas que acontecem no dia 17 de setembro às 19h30.

O show de Sambas, Maxixes e outras Batucadas no dia 21 de setembro, com a atriz e cantora Bel Borges promete quebrar o silêncio da biblioteca.

Além de toda programação artística e didático- cultural, o projeto aprovado pelo Programa de Ação Cultural – ProAc Bibliotecas- cumpre a implementação de estímulo à Lei 10.639, que obriga o ensino da cultura africana a jovens do Ensino Fundamental e Médio.

O projeto Toguna – Narrativas Afro-brasileiros, foi idealizado para a ocupação da Biblioteca Paulo Duarte, espaço sempre disposto a abrigar obras voltadas à cultura africana. É também um espaço acessível a diversos bairros e região do ABCD paulista.

Para acompanhar mais detalhes sobre a programação e inscrição nas oficinas, acesse o blog: coletivoquizumba.blogspot.com

Atividades

Exposição: A Representação do negro na literatura infantojuvenil.
Até dia 28/09

Dias: segunda a sexta-feira das 10h às 19h
Sábados das 9h às 16h
Classificação: Livre para todos os públicos

Oficina de Teatro: Narrativas Teatrais
Dias: 14, 21 e 28/09 (sábados)
Horário : 9h30 às 12h
Classificação: a partir de 15 anos

.
Leitura Compartilhada
Autor: Lima Barreto
Dia: 10 de setembro (terça-feira)
Horário: 19h30
Classificação: livre para todos os públicos

Mesa redonda:
Tema: O registro da cultura afro-brasileira em suas diversas linguagens Com Joel Zito Araújo, Jé Oliveira e Salloma Salomão.
Dia: 17 de setembro (terça-feira)
Horário: 19h30

Show Sambas, Maxixes e outras Batucadas Com Bel Borges
Data: 21 de Setembro
Horário: 19h
Classificação:Livre para todos os públicos

Fonte: Abpn

+ sobre o tema

Assombrando o mainstream

Liderada pelo rapper Emicida, gravadora Laboratório Fantasma quer se...

Internado na terça-feira, Pelé recebe alta após cirurgia no quadril

A operação impediu que ele viajasse para Nova Jersey...

Ídolo do Flamengo, Andrade está hospitalizado com infecção

Ídolo do Flamengo, Andrade está hospitalizado com infecção Por: Raphael...

para lembrar

A Saga dos Engenheiros Rebouças

A Bahia reconhecida   desde   suas   origens  como  terra  de   tantos  brasileiros ilustres,  nas mais diversas áreas profissionais, alguns cujos nomes...

Nigel Mansell aconselha Hamilton a permanecer na McLaren

  Nigel Mansell disse que Lewis Hamilton deveria...

Temporada de incerteza para Jadel Gregório ainda sem índece para o Mundial

Com a "corda no pescoço", Jadel tem última chance...
spot_imgspot_img

Crianças do Complexo da Maré relatam violência policial

“Um dia deu correria durante uma festa, minha amiga caiu no chão, eu levantei ela pelo cabelo. Depois a gente riu e depois a...

Em autobiografia, Martinho da Vila relata histórias de vida e de música

"Martinho da Vila" é o título do livro autobiográfico de um dos mais versáteis artistas da cultura popular brasileira. Sambista, cantor, compositor, contador de...

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...
-+=