O Racismo não antige os Brancos da Periferia

Sou considerado branco e moro em uma periferia de Salvador, o bairro do IAPI. Leciono em uma escola pública em Brotas e volto pra casa de moto à noite. Passo por pelo menos duas blitzen por noite. Ao ver a barreira policial, abaixo o farol e vejo se o policial me manda parar ou seguir. Quase sempre sou liberado. E quase sempre vejo que há negros sendo revistados, muitas vezes com violência.

Por Bruno D’Almeida Do Revista Black life Brasil

Uma vez havia uma blitz na entrada da Santa Mônica, fui parado. Na minha frente, um policial pisava seu coturno na cabeça de um jovem negro. Revistaram os documentos, viram que não havia nada e liberaram o rapaz. Em seguida, olharam para mim e me liberaram também. Naquele momento tive a certeza que tive tratamento diferenciado por ser branco. Lógico que passo pelos mesmos problemas da periferia que todo morador sofre, mas quem tem mais chance de morrer não são pessoas com a mesma cor da pele que eu tenho.

Por isso discordo quando as pessoas dizem que a questão do racismo é apenas uma questão social porque a maioria dos negros são pobres. Não é apenas luta de classe, trata-se de uma perseguição sistemática contra os negros além das questões de classe. Moro nas quebradas e repito incisivamente: tenho tratamento diferenciado por ser branco. Isso é inaceitável, revoltante e precisa acabar.

O pior são os índices de assassinato. São cerca de 30 homicídios por semana em Salvador e quase todas as vítimas são negras. Isso mostra que o racismo se torna genocídio do povo negro. Os brancos, por terem tratamento diferenciado mesmo quando são pobres, não sentem o racismo na pele.

Abra o olho, camarada.

+ sobre o tema

Leci Brandão sai em defesa da Vai-Vai: ‘Nenhuma instituição está acima da crítica’

'A crítica social é necessária na medida em que...

Nota de esclarecimento GRCSES VAI-VAI

Em 2024, a escola de samba Vai-Vai levou para...

Moção de solidariedade da UNEGRO ao Vai Vai 

A União de Negras e Negros Pela Igualdade (UNEGRO),...

para lembrar

Justiça decreta prisão de suspeito de envolvimento no caso Marielle

Justiça decreta prisão de suspeito de envolvimento no caso...

Grafites de Marielle e Maria da Penha são alvos de ataques de vândalos no Rio

Dois grafites da vereadora Marielle Franco (PSOL) e um...

Justiça absolve policiais acusados de tortura e morte de Amarildo

A 8ª Câmara Criminal da Justiça do Rio de Janeiro absolveu ontem (13)...
spot_imgspot_img

Caso Marielle: mandante da morte de vereadora teria foro privilegiado; entenda

O acordo de delação premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos contra a vereadora Marielle Franco (PSOL), não ocorreu do dia...

Pacto em torno do Império da Lei

Uma policial militar assiste, absolutamente passiva, a um homem armado (depois identificado como investigador) perseguir e ameaçar um jovem negro na saída de uma...

Enviado ao STJ, caso Marielle passa a ter dois eixos de apuração: executores e mandantes

O caso da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, assassinados em 2018, foi dividido em dois eixos. Uma parte segue no Rio...
-+=