‘Olhos que Condenam’, a série da Netflix sobre caso de condenação injusta de 5 jovens negros

Dirigida por Ava DuVernay, produção divida em 4 episódios aborda um dos casos mais chocantes de erro judiciário da história dos EUA.

Por Amauri Terto, Do HuffPost

jovem negro abraçado com uma mulher chorando, negra de cabelo com tranças,
Cena da série “Olhos que Concenam”

Olhos que Condenam, série limitada da Netflix que retrata um dos casos mais chocantes de erro judiciário da história recente dos Estados Unidos, acaba de ganhar trailer. Você assiste ao vídeo com exclusividade no HuffPost Brasil:

Dividida em quatro episódios, a produção conta as histórias de Antron McCray, Yusef Salaam, Raymond Santana Jr., Kevin Richardson e Korey Wise, cinco adolescentes negros do Harlem que foram injustamente acusados de um estupro brutal ocorrido no Central Park, em Nova York, em abril de 1989.

Olhos que Condenam foi criada por Ava DuVernay (Selma: Uma Luta Pela Liberdade), que também co-escreveu e dirigiu os episódios. A trama discorre sobre 25 anos do caso – uma combinação perversa de falhas da polícia, da promotoria e da imprensa, que remetem ao conceito de racismo estrutural.

Entre os astros premiados do elenco estão Michael K. Williams, Vera Formiga, John Leguizamo, Felicity Huffman, Niecy Nash, Christopher Jackson e Joshua Jackson. Oprah Winfrey e Robert De Niro são produtores executivos da série.

Além de DuVernay, Attica Locke, Robin Swicord e Michael Starrbury assinam o roteiro dos episódios.

Um menino - negro de jaqueta de couro, camiseta cor vinho e colocar com o formato do continente africano- e uma menina - negra, de brads box e vestido florido - conversado.
cena da série “Olhos que Condenam”

Junto com o lançamento da série, cinco entidades americanas (Participant Media, Color Of Change, Vera Institute of Justice, Institute for Innovation in Prosecution at John Jay College e The Opportunity Agenda) devem promover uma campanha de apoio ao movimento de reforma da justiça criminal.

De acordo com a Netflix, a campanha tem como objetivo mudar as percepções dos jovens negros na cobertura da mídia e ajudar promotores com novas abordagens baseadas na dignidade humana e na equidade racial.

Olhos que Condenam estreia globalmente na Netflix em 31 de maio.

+ sobre o tema

Moda afro-brasileira é uma das armas de resistência contra a discriminação racial

Na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da...

Queen B! Veja 5 motivos que fazem de Beyoncé uma das mulheres mais influentes do planeta

Nesta terça-feira, dia 4 de setembro, Beyoncé completa 37 anos! A...

Acontece na Bahia: convite feira de trocas solidárias

Feira de Trocas Solidárias - Salvador / Bahia -...

A poesia de Audre Lorde

Audre Lorde foi uma escritora americana de descendência caribenha,...

para lembrar

‘Pantera Negra’: Michael B. Jordan precisou de terapia após interpretar Killmonger

Durante uma entrevista ao The Bill Simmons Podcast, o ator Michael...

Por que a escolha de uma atriz negra para ser a sereia Ariel incomoda tanta gente?

Anúncio de Halle Bailey como protagonista da versão live-action...

Faes consegue suspender processo de desapropriação de terras quilombolas

por Flavia Bernardes Os proprietários de terras de São...
spot_imgspot_img

Carnaval 2025: nove das 12 escolas do Grupo Especial vão levar enredos afro para a Avenida

Em 2025, a Marquês de Sapucaí, com suas luzes e cores, será palco de um verdadeiro aquilombamento, termo que hoje define o movimento de...

iAMO lança seu programa de residência artística audiovisual durante Festival de Cannes

O Instituto Audiovisual Mulheres de Odun (iAMO), presidido pela cineasta Viviane Ferreira, anuncia na sexta-feira, 17 de maio, o lançamento do seu Programa de...

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...
-+=