‘Para aguentar o racismo na Europa é preciso ser casca-grossa’, afirma goleiro da seleção japonesa

Para os jogadores japoneses aguentarem o abuso racial na Europa é preciso ter casca-grossa. A opinião é do goleiro titular da seleção asiática, Eiji Kawashima. Após a vitória da equipe por 3 a 0 sobre a Lituânia, o jogador se viu comentando o assunto após o surgir a informação que seu colega Yuki Nakamura deixou o clube eslovaco Rimavska Sobota por causa do racismo.

“É uma pena que continue acontecendo coisas assim. Mas, e isso é só minha opinião, os jogadores japoneses precisam ser muito fortes emocionalmente para jogar em países estrangeiros. Não é fácil. Se algo estiver errado, precisamos enfrentar isso”, disse ele a Kyodo News. 
Em 2011, Kawashima foi reduzido à lágrimas no meio de um jogo pelo Campeonato Belga após torcedores rivais começarem a entoar repetido gritos de ‘Fukushima, Fukushima’, em referência ao desastre nuclear que ocorreu na cidade em 2011. 
“Às vezes as pessoas são contrários a nós porque somos asiáticos. Algumas pessoas estúpidas pensam desta forma, brincam com isso e nós precisamos aguentar. Morar no Japão é fácil e confortável, mas você sabe que quando vai para o exterior a situação não é a mesma”, comentou.
 
 
Fonte: ESPN

+ sobre o tema

Quando as cotas se tornam uma questão moral

Novamente surge a manchete do médico "branco" que passou...

Mais uma para a lista: atriz Sheron Menezes é alvo de ataques racistas

Mais uma vez uma atriz negra foi vítima de...

20 de Novembro e a defesa de nossos melhores sonhos de liberdade

Em algum momento entre 1962 e 1976, o poeta...

Não é cansativo? Paulo Gustavo faz ‘blackface’ e causa polêmica na internet

No último domingo, dia 12, o ator Paulo Gustavo...

para lembrar

Rafaella Leonarda tem apenas cinco anos de idade, já o racismo…

foto reprodução do Facebook Rafaella Leonarda tem apenas cinco anos...

Renato Freitas: um vereador entre o racismo e o fundamentalismo religioso

Renato Freitas (PT) é um dos apenas três vereadores...

Audiência destaca violência contra jovens negros e burla às cotas raciais

Sem negar os avanços da luta pela igualdade racial...

Mãe de menino que teve rosto tatuado em corpo de estranho sofre ataques racistas nas redes

A microempresária Preta Lagbara, mãe do menino Ayo, de 4...
spot_imgspot_img

Nem a tragédia está imune ao racismo

Uma das marcas do Brasil já foi cantada de diferentes formas, mas ficou muito conhecida pelo verso de Jorge Ben: "um país tropical, abençoado...

Futuro está em construção no Rio Grande do Sul

Não é demais repetir nem insistir. A tragédia socioclimática que colapsou o Rio Grande do Sul é inédita em intensidade, tamanho, duração. Nunca, de...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu...
-+=