terça-feira, dezembro 6, 2022
InícioÁreas de AtuaçãoMercado de TrabalhoPiauí: Lei estadual garante 5% das vagas em obras públicas para mulheres

Piauí: Lei estadual garante 5% das vagas em obras públicas para mulheres

Cresce o número de mulheres trabalhando na construção civil.
Mulheres já ocupam 50% das vagas nos cursos do Senai.

 As mulheres que aos poucos ocupam cada vez mais espaços em profissões antes dominadas pelos homens, ganham agora um novo incentivo. Uma lei estadual aprovada pela Assembleia Legislativa do Piauí passa a garantir que 5% das vagas de emprego em obras públicas sejam destinados a contração de mulheres.

A pintora Angela Maria de Sousa ficou feliz com a novidade. “É uma profissão bem diferente, mas os homens estão cada vez mais conscientes que somos capazes de executar”, disse Angela.

A também pintora Ana Nete Pereira diz que a lei vai proporcionar mais empregos para as mulheres. “A mão de obra feminina vem crescendo e está lei é importante porque garante um emprego de carteira assinada”, afirma.

Nos últimos 10 anos o número de mulheres trabalhando na construção civil cresceu, de 83 mil empregos para 138 mil. As profissões assumidas pelo público feminino são as mais variadas possíveis, vão desde pintoras, serventes, pedreiras, mestre de obras e até engenheiras.

“No início as mulheres ficavam apenas na parte da contabilidade, hoje estão dentro da própria obra. Mesmo porque, antes a profissão era apreendida na forma prática, hoje as qualificações e o aprendizado são feitos dentro da obra”, explica o dono de construtora Francisco Reinaldo.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Piauí (Senai-Piauí) tem curso na área de construção civil, sendo que das 220 vagas, 50% estão ocupadas pelo público feminino.

Fonte: G1

 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench