Polícia Militar afirmou em nota que policiais que praticam atos como o das chacinas são “bandidos que integram temporariamente a instituição”

Hoje o comando da Polícia Militar afirmou em nota que policiais que praticam atos como o da chacina de Osasco e Barueri são “bandidos que integram temporariamente a instituição”. A nota foi em reação a uma charge postada nas redes sociais e atribuída ao advogado Ariel de Castro Alves que não é o autor da charge, que já circula há 3 anos pela internet. Para o comentarista Douglas Belchior a instituição é responsável por atos de “PMs bandidos”.

no TVT por Negro Belchior

Ariel de Castro Alves

+ sobre o tema

A questão racial – por Octavio Ianni

A questão racial parece um desafio do presente, mas...

O negro na sociedade brasileira, por João Baptista Borges Pereira

Professor emérito da USP e professor pleno de Pós-Graduação...

para lembrar

Após novo ataque à Casa do Mago, secretário fala em ‘milícia religiosa’

Após analisar o novo ataque à Casa do Mago,...

A síndrome da militância arrogante

Parte dos oprimidos adota, previsivelmente, a ideologia do opressor....

Artistas negros são ‘tratados como sobras’ em Hollywood, diz Viola Davis

Em recente entrevista à Variety, Viola Davis falou sobre...

O caso Quvenzhané Wallis: Racismo naturalizado

Essa semana li uma crítica sobre como nós, feministas...
spot_imgspot_img

Nem a tragédia está imune ao racismo

Uma das marcas do Brasil já foi cantada de diferentes formas, mas ficou muito conhecida pelo verso de Jorge Ben: "um país tropical, abençoado...

Futuro está em construção no Rio Grande do Sul

Não é demais repetir nem insistir. A tragédia socioclimática que colapsou o Rio Grande do Sul é inédita em intensidade, tamanho, duração. Nunca, de...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu...
-+=