Pontos de Leitura da Ancestralidade Africana

Biblioteca Nacional lança Pontos de Leitura da Ancestralidade Africana.

Livro “Contos e Crônicas do Mestre Tolomi: África Viva no Brasil” foi lançado no evento.

 

A Fundação Biblioteca Nacional (FBN/MinC) realizou na noite da última quinta-feira, 12/4, o lançamento dos Pontos de Leitura da Ancestralidade Africana no Brasil, no Auditório Machado de Assis. Participaram da cerimônia o presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Galeno Amorim, a Secretária da Cidadania Cultural do Ministério da Cultura, Márcia Rollemberg, e Silvany Euclênio da Silva, da Secretaria de Políticas para Comunidades Tradicionais da SEPPIR. O escritor Paulo César Pereira de Oliveira, o Pai Paulo, completou a mesa de oradores representando a sociedade civil.

Márcia Rollemberg abriu a cerimônia propondo um novo desafio: a criação de novos pontos de leitura para as comunidades quilombolas e terreiros até o fim de 2012, além dos dez anunciados na ocasião. Uma opinião unanime entre os presentes, diante a grande demanda que surgiu com o anunciou dos Pontos de Cultura Temáticos. Para Silvany, o êxito está na qualidade das ações que serão empregadas nos locais. Ela destacou a importância dos livros na formação de uma nação com mais igualdade, sem preconceitos.

O presidente Galeno Amorim abriu sua fala enaltecendo a criação do projeto e colocando a FBN/MinC à disposição para ampliação dos Pontos de Cultura da Ancestralidade Africana no Brasil. “O Brasil tem uma dívida histórica com o povo negro que precisa ser saldada”, afirmou. Ele antecipou ainda a intenção de realizar em breve outras iniciativas nesse sentido, como Pontos de Leitura voltados para as comunidades indígenas.

Pai Paulo fechou o evento com o lançamento do livro “Contos e Crônicas do Mestre Tolomi: África Viva no Brasil”. A obra reúne uma seleção de mitos e lendas da cultura africana, além de contar com belas ilustrações e um breve dicionário iorubá. Paulo destacou a importância da iniciativa do MinC. “Cultura negra não é uma questão de cidadania. É uma questão de humanidade”, resumiu ele.

marcia-2

 

 

Fonte: Cultura

+ sobre o tema

Presidente do Haiti confirma surto de cólera; 138 morreram

O presidente do Haiti, René Préval, confirmou nesta...

Polícia dispersa protesto contra a Vale em Moçambique

Policiais dispersaram nesta quarta-feira um protesto de moradores...

Vidas Negras Importam: Nego E solta clipe ‘Lua Negra’, com KL Jay, Mc Soffia, Drik Barbosa

Na última quarta-feira (21), o Nego E finalmente divulgou...

para lembrar

5 momentos em que Pantera Negra representou todas as mulheres

Pantera Negra chegou para abalar a estrutura dos filmes...

Cacau Protásio estreia espetáculo no Teatro Gazeta

Depois do sucesso na TV e no cinema, Cacau Protásio quer...

Jovens africanos passam a ter acesso a crédito para inovação

Os fundos "Semente de Inovação em África" e...
spot_imgspot_img

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Grávida, Iza conta que pretende ter filha via parto normal: ‘Vai acontecer na hora dela’

Iza tem experienciado e aproveitado todas as emoções como mamãe de primeira viagem. No segundo trimestre da gestação de Nala, fruto da relação com Yuri Lima, a...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...
-+=