SALVADOR: Exposição a céu aberto revela beleza da mulher negra

Fonte: Vermelho –

 

A beleza das negras baianas é o tema da exposição fotográfica Bahia Terra da Beleza Negra, do fotógrafo Gajé, que será lançada na quinta-feira (19/11), véspera do Dia da Consciência Negra, às 20h, no Espaço Unibanco, na Praça Castro Alves. A exposição a céu aberto, que acontece no Campo Grande e na Praça Castro Alves, vai até o dia 1º de dezembro e traz 100 banners de 1,20 m, cada um retratando uma mulher em quatro ângulos diferentes.

 

A exposição foi a forma encontrada pelo fotógrafo Gajé para reverenciar as mulheres negras, “essa beleza tão marcante na nossa cidade e que muitas vezes passa despercebida em nosso cotidiano urbano”. Gajé, que é carioca, mas adotou e foi adotado pela Bahia, faz questão de frisar que a beleza de suas musas é natural, dispensando maquiagens, luz artificial ou qualquer outro artifício de correção permitido pela tecnologia.

Com suas lentes ele procurou captar a diversidade da beleza estética das mulheres negras, que sintetiza como guerreiras e valentes, que lutam para romper no dia-a-dia as barreiras do racismo, do preconceito, do machismo e da intolerância que a cercam. Gajé foi buscar suas modelos em diferentes classes sociais, profissões e bairros de Salvador, a cidade com maior população negra fora da África, mas já programa para o próximo ano um olhar também sobre outras regiões do estado.

O fotógrafo entende que a desconstrução do ideal de beleza no Brasil precisa trilhar por outros caminhos e acredita que a fotografia pode contribuir e muito para isso, ajudando a elevar a autoestima dos negros. “Com essas fotos eu quero que as pessoas se identifiquem nas ruas e se vejam belas, percebam que não existe só um estereótipo de beleza. E a exposição a céu aberto facilita essa identidade porque democratiza, não fica restrita a quem tem a cultura de visitar galerias ou outros espaços culturais”, explica Gajé.

Organizada pela União de Negros pela Igualdade (Unegro), a exposição Bahia Terra da Beleza Negra tem o compromisso de transformar conceitos, levantando questionamentos sobre a condição da mulher negra, como um dos elementos de formação da identidade soteropolitana.

Matéria original

+ sobre o tema

Quilombolas têm chance de se fortalecer com Chamada Pública da SEPPIR

Secretaria disponibiliza R$ 1,2 milhão para projetos voltados para...

Ilê Aiyê elege a sua Deusa do Ébano 2012 – 28-01

Vem ai mais uma edição da Noite da Beleza...

Conheça Oshun, um duo feminino de hip hop de Nova York com influências yorubá

Embora os Estados Unidos tenha sido erguido a partir...

Escravidão persiste no Brasil: 283 pessoas libertas somente em 2013

Entre 1995 e 2012, quase 45 mil trabalhadores foram...

para lembrar

Diretor de Corra! fará série de ficção científica para o YouTube Premium

Weird City será uma antologia com seis capítulos situados em...

A canção dos homens: contos africanos: Espetáculo valoriza cultura africana

A África será tema do espetáculo “A canção dos...

A vida de Mandela na tela dos cinemas

Passados 20 anos do início da produção, a cinebiografia...
spot_imgspot_img

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

 Interprete da trilha sonora da novela Renascer, Xenia França participa do disco de José James

Vencedora do Grammy Latino de 2023 com seu disco "Em nome da Estrela" e intérprete da canção “Lua Soberana”, trilha sonora da novela Renascer...
-+=