Slam das Minas SP apresenta 2ª Jornada Latines

Enviado por / FonteEnviado ao Portal Geledés

Dando continuidade ao sucesso da 1ª edição, evento promove em São Paulo um intercâmbio entre artistas do Brasil e de mais nove países da América Latina e suas diferentes expressões

Entre os dias 14 e 19 de novembro, acontece em São Paulo a  Jornada Latines, projeto da Slam das Minas SP que tem como propósito propagar, por meio da poesia, a luta contra o machismo, racismo, homofobia e transfobia, facilitando pautas feministas e das mulheres de periferia em um espaço seguro de expressão. O evento terá como sede duas unidades do Sesc, tornando a capital paulista, que também é o berço da Slam no Brasil, o ponto de encontro dessa imersão cultural e poética que é proposta pela Jornada.

Em 2021, a 1ª edição aconteceu de forma totalmente online com oficinas, workshops e batalhas de poesia, reunindo dezenas de artistas de diversos lugares do Brasil e outros oito países da América Latina e abordou a linguagem da Slam a partir da ótica da cena brasileira, contando a história do movimento no país e discutindo as produções literárias feitas por mulheres e pessoas trans nesse contexto. Em uma programação inteiramente composta por mulheres, travestis, homens trans e não binaries, o projeto ficou entre os cinco finalistas do Prêmio Jabuti 2022 no eixo inovação, categoria “Incentivo à leitura”. 

Este ano, a abertura será realizada na Baderna Literária, produtora e centro cultural que é sede da Slam das Minas SP, com a recepção de todes artistas envolvides e presença de articuladores e produtores culturais de São Paulo. O evento inicia com apresentação da coletiva, seguida por microfone aberto e encerra com a DJ Sophia.

Para a 2ª edição, toda a programação está sendo elaborada e pensada no intercâmbio entre mais de 30 artistas brasileires e de outros nove países latinoamericanes, sendo eles Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Cuba, Costa Rica, Guatemala, República Dominicana e Uruguai com oficinas, painéis, intervenções, batalhas e pocket show. O evento será gratuito e acontecerá entre as unidades Vila Mariana e Belenzinho do Sesc SP.

2ª JORNADA LATINES SLAM DAS MINAS

DE 14 A 19 DE NOVEMBRO

BATALHAS

O III Torneio Singulares terá a participação de catorze poetas representantes de slams com recorte de gênero de diferentes estados brasileiros. Serão duas chaves classificatórias e finais distribuídas em dois dias. O júri é composto por cinco pessoas, sendo uma artista convidada e as demais escolhidas pelo público, quem ganhar representará o Brasil no Slam Latines. O II Slam Latines conta com dez vagas com poetas de diferentes países latinoamericanos e também será realizado em dois dias sequenciais ao singulares, com duas seletivas e uma final.

14 e 15/11 oficinas e vivências:

SESC VILA MARIANA 

  • Os detalhes das Palavras (10h) – Poeta Gênesis
  • Slam na América Latina (12h) – Roberta Estrela D’Alva
  • Gênero e Literatura indígena (14h) – Je Hãmãgãy
  • Interpretação corporal (16h) – Gustav

16/11 a 18/11 a partir das 17h:

SESC BELENZINHO 

MC Painéis – Mel Duarte MC Batalhas – Slam das Minas SP DJ Residente – Dj Licis

16/11 – 17h INTERVENÇÃO Luna Vitrolira

17h10 PAINEL 1 – A palavra como cultura  A construção de novas narrativas poéticas e o surgimento de novas comunidades com Paulx Simón (AR)  e Aratykyra (BR)

  19h SELETIVA SINGULARES (A e B)

17/11 – 17h INTERVENÇÃO Luz Ribeiro

17h10 PAINEL 2 – A poesia do corpo afrolatine A negritude como abertura de caminhos para outros horizontes literários com Afíbula (CU) e Ludmila Singa (BR)

  19h FINAL SINGULARES

18/11 – 17h INTERVENÇÃO Luiza Romão

17h10 PAINEL 1 – A escrita quando elas O poder da palavra, mulheridades, mandingas e abertura de caminhos com Midria (BR) e Arra Hué (UR)

  19h SELETIVA LATINES (A e B)

19/11 – 15h FINAL LATINES

17h Pocketshow Soul de Lua

+ sobre o tema

Tyson Gay e Asafa Powell são pegos no doping e estão fora do Mundial

Velocistas americano e jamaicano têm em seus currículos medalhas...

Entrevista de Seu Jorge no dia da Consciência Negra

Seu Jorge não guarda boas lembranças da temporada que...

para lembrar

Junta Directiva Central ODECO

La Ceiba, Honduras, C. A. 24 de Septiembre de...

Conheça Tiganá Santana, primeiro brasileiro a compor em línguas africanas

Cantor e filósofo, Tiganá é o primeiro compositor brasileiro...

Alexandre Cerqueira, filho de uma brasileira com um africano, o modelo luta por espaço nas passarelas de moda

Alexandre Cerqueira vive um sonho da adolescência, de quan­do brincava...

Fãs criticam participação do MC Valter no ‘BBB’ e rappers o apoiam

Músicos como Emicida, Rappin Hood e Max B.O. defendem...
spot_imgspot_img

Secretaria de Igualdade Racial e DH do Pará lamenta morte da coordenadora Darlah Farias

A Secretaria de Estado de Igualdade Racial e Direitos Humanos (Seirdh) do Pará divulgou, na manhã deste domingo (02/06), uma nota de pesar pelo falecimento da coordenadora...

Nota de Pesar – Darlah Farias

É com profunda tristeza que Geledés - Instituto da Mulher Negra recebe a notícia da passagem de Darlah Farias, uma militante negra e advogada...

Brasileiro dirige único teatro negro da Alemanha

"Ainda tenho um milhão de coisas para fazer", diz Wagner Carvalho, diretor artístico do teatro Ballhaus Naunynstrasse em Berlim, poucas horas antes da estreia da noite. Wagner não...
-+=