Taís Araújo anuncia evento de mulheres contra racismo no Rio de Janeiro

Atriz e embaixadora da ONU Mulheres, Taís Araújo divulgou um vídeo em suas redes sociais convidando quem estiver no Rio de Janeiro no próximo domingo (30) a participar de uma manifestação contra o racismo e a violência.

 

Por Denise de Almeida Do Uol

Chamado de Marcha das Mulheres Negras, o evento vai acontecer no Posto 4, na praia de Copacabana, a partir das 9h.

No vídeo, Taís convida todas as mulheres a participar, independentemente de sua cor, para apoiar a causa.

Várias famosas compartilharam o convite de Taís em seus perfis no Instagram, como Débora Falabella, Fernanda Lima, Débora Nascimento e a top model Emanuela de Paula.

 

+ sobre o tema

Histórias da Preta: Homenagem à Heloisa Pires Lima

COM HELOÍSA PIRES LIMA, TREM DE CORDAS E ANANZA...

Espelho: Luiza Bairros

  Séries / Cultural País:  Brasil Cor:  Colorido Classificação:  Programa...

23 momentos de 2014 que as mulheres não veem a hora de deixar para trás

Entre a incrível performance feminista de Beyoncé no VMA,...

para lembrar

Convite – Lançamento do Fórum Justiça – 24/10 – Rio de Janeiro

A Ouvidoria-Geral os convida para o evento de lançamento...

A heteronormatividade patriarcal do casamento

O patriarcado nos impulsiona e nos obriga a cumprir...

Pra quebrar estereótipos! Marca lança bonecas com profissões consideradas masculinas

Temos uma ótima notícia nesta quarta-feira (26), no dia...

‘Existe um prazer mórbido’, diz Luiza Brunet sobre agressões a mulheres

A primeira mesa deste sábado no ciclo de palestras...
spot_imgspot_img

Mortalidade materna de mulheres pretas é o dobro de brancas e pardas, diz estudo

Mulheres pretas têm quase duas vezes mais risco de morrer durante o parto ou no puerpério que mulheres pardas e brancas, segundo um estudo da Unicamp (Universidade Estadual...

Plataforma Mães Negras debate impactos do peso na vida profissional

A Plataforma Mães Negras do Brasil, startup (empresa emergente) de impacto social, cujo objetivo é a promoção do desenvolvimento socioeconômico de mães negras, promove nesta quarta-feira...

Mãe Hilda de Jitolú, a matriarca do Ilê Aiyê

Em 1988, quando uma educação afrocentrada ou antirracista ainda não estava no imaginário brasileiro, uma mulher preta que nunca frequentou a escola abriu sua casa, em Salvador (BA)...
-+=