Tássia Reis lança clipe e grife própria: “Liberdade de mostrar quem sou”

A cantora e estilista Tássia Reis começou a sexta-feira (29) cheia de novidades. Hoje a artista lança sua primeira grife de roupas, a “XIU”. São 8 looks que unem conforto e liberdade, sem abrir mão do estilo e originalidade.

“Como designer de moda acredito na liberdade de poder mostrar quem eu sou, de onde vim e onde estou”, disse à Marie Claire.

Assim como Emicida e Rappin Hood, Tássia é mais uma artista com origem na periferia a se aventurar na moda.

“Sim, eu vim da periferia, mas hoje ocupo novos lugares também, moro num lugar diferente e hoje viajo para conhecer outros lugares, como Nova York. A cultura de rua sempre foi mais avançada criativamente, pois é onde as coisas acontecem, a rua estimula a criação, a sobrevivência, a modernidade. Eu só respondo os estímulos”.

Sua coleção foi inspirada em uma de suas músicas, “Ouça-me”, faixa que faz parte do álbum “Outra Esfera” –que fala sobre uma sociedade que tenta calar as minorias, conforme diz o trecho: “não toleramos mais o seu xiu!”.

CLIPE
Além da grife própria, Tássia lança também um clipe com o mesmo nome de sua grife para dar voz às minorias do Brasil. “A ideia foi falar sobre ambição e o sentimento de querer mais do que é imposto pra quem é desfavorecido, e  acima de tudo, fala sobre como somos julgados quando transgredimos esse protocolo”. Dê o play!

+ sobre o tema

Botucatu, no interior paulista, lança Plano pela Igualdade

Botucatu/SP - Botucatu, cidade de 130 mil habitantes...

Retrospectiva de Pedro Figari recupera o Uruguai africano no Masp

Pintor uruguaio dedicou sua vida a retratar os dramas...

Tiago Barbosa fala sobre seu papel no musical O Rei Leão

Tiago Barbosa é um dos nomes da vez. Carioca...

Governo oficializa anistia política de Marighella

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, oficializou a...

para lembrar

Zumbi dos Palmares

Cronologia • Mais ou menos em 1600: negros fugidos do...

“A política não é lugar para preto vagabundo feito você”

Por Douglas Belchior Tenho plena consciência de que represento uma...

Escritoras africanas falam de semelhanças entre Brasil e África

Vozes femininas vindas da África enriqueceram o segundo dia...
spot_imgspot_img

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta pela primeira vez no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...

Mostra Competitiva Adélia Sampaio recebe inscrições de filmes de mulheres negras até 16 de junho

A 6ª edição da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio está com inscrições abertas para filmes dirigidos por mulheres negras de todo o...

14 de maio e a Revolta dos Malês

Quem passa pelo Campo da Pólvora, em Salvador, nem imagina que aquela praça, onde ironicamente hoje se encontra o Fórum Ruy Barbosa, foi palco...
-+=