Guest Post »
54 anos de Whitney Houston – Vanessa Jackson vive a cantora em musical

54 anos de Whitney Houston – Vanessa Jackson vive a cantora em musical

No dia em que Whitney Houston completaria 54 anos de vida, entrevistamos a atriz e cantora Vanessa Jackson, que está em cartaz com o espetáculo “Uma Saudação à Whitney Houston” para comentar os desafios de interpretar uma das vozes femininas mais importante dos últimos tempos, em um momento de tanta referência à mulher negra e empoderada. Whitney é a artista feminina mais premiada de todos os tempos. Ao longo de quase trinta anos de estrada, vendeu mais de 200 milhões de discos em todo mundo, faturando sete prêmios grammy e o reconhecimento de sua arte mundialmente.

Por Giovani Falcão, para o Portal Geledés 

Protagonista do maior show da América Latina em homenagem à Diva pop “Uma Saudação à Whitney Houston” Vanessa Jackson, 35, desde criança já cantava o repertório da artista: “Whitney é referencial. “É um prazer muito grande interpretar essa cantora magnífica. Surreal! Eu sou fã dela desde os meus 12 anos, e a minha adolescência inteira eu cantei os seus sucessos. Cada música dela eu lembro de momentos na minha vida. É muito gratificante e prazeroso hoje poder fazer parte dessa homenagem a ela. Me sinto super lisonjeada e grata pelo convite” comenta Vanessa, sobre a emoção de encarnar a personagem.

Duas mulheres, de gerações diferentes, mas com vários paralelos. Whitney iniciou sua carreira cantando nos corais de igreja e enfrentou vários desafios no início dela até alcançar o auge em 1992, com o lançamento de “O Guarda Costas”.

Vanessa, não foge à regra, iniciou sua carreira cantando em festas até chegar o convite de participar do programa FAMA, na Rede Globo, que lhe rendeu mais visibilidade. E ainda hoje se depara aos desafios sociais:  “Ser mulher,  negra e artista no nosso país, não é fácil. Tem que provar 3x por dia que eu tenho talento e que sou boa de verdade, no que eu faço. Dar a voz a uma artista com uma obra tão referencial é muito difícil, pois Whitney, é sem dúvida uma das cantoras mais importantes do mundo e com um timbre ímpar, um desafio que tem sido uma delícia de fazer”.

O espetáculo já foi assistido por mais de 60 mil pessoas, passando pela Suíça, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Natal, Fortaleza, Belém, Salvador, Belo Horizonte. “O espetáculo é absolutamente emocionante do começo ao fim.. E o convite para participar foi uma coincidência, de um dia conhecer o diretor Rafael Mello. Criamos uma amizade, muito bacana, e então veio o convite para participar de uma temporada. As pessoas saem renovadas e sempre que me encontram falam, porque o maior diferencial é a minha  interpretação”  comenta Vanessa.

Whitney Houston foi encontrada morta na Califórnia em 11 de fevereiro de 2012 deixando um enorme legado e um incrível repertório de sucesso para seu público. Em suas canções Whitney fala sempre de espiritualidade, poder feminino, força e superação. Na linha suscetiva de Aretha

Related posts