Ativista do Black Lives Matter anuncia pré-candidatura à Prefeitura de Baltimore

DeRay Mckesson é um dos 13 pré-candidatos ao posto pelo partido Democrata; cidade teve fortes protestos por violência policial contra pessoas negras em 2015

no Opera Mundi

O ativista do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam, em tradução livre) DeRay Mckesson anunciou nesta quarta-feira (03/02) sua pré-candidatura pelo partido Democrata à prefeitura da cidade de Baltimore, na costa leste dos Estados Unidos.

“Eu não sou a solução para os desafios da nossa cidade — nenhum indivíduo sozinho o é. Mas juntos, com as ideias certas, a paixão certa, as pessoas certas, poderemos levar nossa cidade para uma nova direção”, escreveu Mckesson em seu blog no site Medium, onde anunciou a candidatura.

O ativista também é um dos organizadores da iniciativa Campaign Zero (Campanha Zero) que luta pelo fim da violência policial nos EUA. Mckesson participou das manifestações que ocorreram em Ferguson, no Estado do Missouri, contra o assassinato do jovem negro Michael Brown por policiais.

Ele também participou dos protestos em sua cidade natal contra a morte de Freddie Gray, outro jovem negro que foi detido por suposta posse de armas e morto enquanto estava sob custódia da polícia da cidade. Após o episódio, o chefe de polícia de Baltimore foi demitido e seis oficiais estão sob julgamento.

“É verdade, não sou um candidato tradicional. Sou um ativista, ex-professor e administrador distrital que entende intimamente o quão emaranhados estão nossos desafios e nossas soluções. Eu sou um filho de Baltimore”, escreveu Mckesson

Screen Shot 2016-02-05 at 10.19.50 AM

Baltimore é uma cidade com pouco mais de 620 mil habitantes com forte tradição democrata e o candidato do partido tende a vencer as eleições gerais para a Prefeitura. A votação para decidir quem será o candidato ou a candidata democrata acontecerá no dia 26 de abril. Entre os 13 candidatos que disputam a vaga pelo partido estão a ex-prefeita Sheila Dixon e a senadora do estado de Maryland, Catherine E. Pugh. A atual prefeita, Stephanie Rawlings-Blake, também democrata, não irá tentar a reeleição.

+ sobre o tema

Índice de assassinatos de negros em Alagoas é o maior do Brasil

Estudo indica que em 2002 foram 650 homicídios e...

Denzel Washington recusou beijos de atrizes brancas – veja os motivos!

Ao longo dos anos, Denzel Washington foi muitas vezes...

Mais um cantor de funk é alvo de atentado

MC Neguinho do Caxeta foi alvejado com quatro tiros,...

para lembrar

Bar da Praça Roosevelt é acusado de racismo

O ator Sidney Santiago viu amigos serem barrados por...

Aluno cotista de baixa renda receberá bolsa de R$ 400, diz Mercadante

Bolsa será dada a aluno com renda familiar per...

10 motivos para não ter uma Hermione negra

Lembra que contamos aqui sobre um fato incrível (e polêmico)...
spot_imgspot_img

Presos por racismo

A dúvida emergiu da condenação, pela Justiça espanhola, de três torcedores do Valencia por insultos racistas contra Vini Jr., craque do Real Madrid e da seleção brasileira. O trio...

Formação territorial do Brasil continua sendo configurada por desigualdades, diz geógrafo

Ao olhar uma cidade brasileira é possível ver a divisão provocada pela segregação espacial no território, seja urbano, seja rural. A avaliação é fruto...

Família de João Pedro protesta contra decisão que absolveu policiais

Os parentes do adolescente João Pedro, morto por policiais civis durante uma operação na comunidade do Salgueiro, em São Gonçalo, no Grande Rio, em...
-+=