Brasil registra 10% dos homicídios do mundo; jovens negros tem 147% mais chance de ser vítima

O Atlas da Violência 2016, divulgado pelo Ipea, mostra que 10% de todos os homicídios registrados no mundo, em 2014, aconteceram no Brasil. De acordo com o estudo, os casos aumentaram 29,1% entre 2004 e 2014, pulando de 48.909 para 59.627 mortes.

NORDESTE
O documento destaca também que, a partir de 2008, o número de mortes tem crescido mais em cidades menores, no interior do Brasil, especialmente no Nordeste, do que nas metrópoles do Sul e Sudeste.

NEGROS
Outro dado é que, aos 21 anos de idade, negros e pardos possuem 147% a mais de chances de ser mortos, em relação a indivíduos brancos, amarelos e indígenas. No período estudado, houve aumento de 18,2% na taxa de homicídios de afrodescendentes e redução de 14,6% de outras vítimas.

MULHERES
Já o número de homicídios de mulheres de todas as raças cresceu 11,6% entre 2004 e 2014, de 3.830 para 4.757 casos.

[symple_button url=”http://www.geledes.org.br/wp-content/uploads/2016/03/atlas_da_violencia_2016-2.pdf” color=”orange” button_target=”_blank”]O Atlas da Violência 2016 – PDF[/symple_button]

 

+ sobre o tema

Anúncio de ‘branqueador’ sai do ar após críticas de racismo na Tailândia

Vídeo mostra popular atriz que destaca importância de manter...

Casal do Tennesse não deixa gorjeta e escreve “nenhuma negra” na conta de garçonete

Americanos criaram uma página na internet para pagar a "gorjeta"...

Rolezinhos migram do shopping para as praças em SP

  Longe dos shoppings, as reuniões perderam o...

Barbosa: Vítima de um preconceito deplorável

Por Miguel Dias Pinheiro*   Questão polêmica no mundo inteiro é...

para lembrar

9 coisas que pessoas brancas não deveriam dizer sobre racismo

Parece que, quando a conversa não é explícita –...
spot_imgspot_img

Portões da universidade

"Nós queremos é que uma filha de uma empregada doméstica possa ser médica, possa ser dentista, possa ser engenheira. Nós não queremos uma sociedade...

Desaparecidos assombram país mesmo após redemocratização

Quando o presidente Lula assinou o decreto de reinstalação da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, no início de julho, emergiu como prioridade na retomada...

Racista é condenado a oito meses de prisão por ataques a Vini Jr

O Real Madrid anunciou, nesta quarta-feira, que um racista foi condenado a oito meses de prisão por ataques a Vinicius Junior e Rüdiger. As agressões foram...
-+=