Dados alarmantes sobre a situação da mulher

Na última sexta-feira (4), em um encontro promovido pela Fundação Baobá, que apoia projetos sociais, um grupo de intelectuais e gestores de projetos que de alguma forma tentam desenvolver ações que promovam a inclusão e fortalecimento da identidade local em diversas localidades no Brasil discutiram a atual conjuntura do país e suas consequências.

Por Mônica Francisco , do Jornal do Brasil

Consequências imediatas e futuras. Um dado alarmante, é o número cada vez crescente, no que se refere à violência de gênero.

A situação da mulher negra foi o tema central da conversa. No percentual de violência contra mulheres negras, dados impressionantes: cresceu 54% a incidência sobre elas enquanto diminui em relação às mulheres brancas.

Segundo a médica Jurema Werneck, do total das mulheres encarceradas, 86% é negra.

Com as possíveis mudanças propostas na PEC 241, o temor é que o contingente da população que vem há séculos sofrendo com a desigualdade sofra ainda mais.

Para Sueli Carneiro, da ONG Geledés, é um trabalho árduo para as próximas gerações. Assim como sua geração resistiu e lutou firmemente até ver as cotas aprovadas, como parte de um pacote de ações afirmativas, é possível.

Ressaltou que a luta está para além da estética, ela é uma luta por corações e mentes, com o objetivo de promovermos sempre uma sociedade mais justa e menos desigual.

*Colunista no JB, consultora na ong Asplande e Membro da Rede de Instituições do Borel

+ sobre o tema

Como resguardar as meninas da violência sexual dentro de casa?

Familiares que deveriam cuidar da integridade física e moral...

Bruna da Silva Valim é primeira negra a representar SC no Miss Universo Brasil

Bruna da Silva Valim, candidata de Otacílio Costa, foi...

Luiza Bairros lança programas de combate ao racismo na Bahia

O Hino Nacional cantado na voz negra, marcante, de...

Elizandra Souza celebra 20 anos de carreira em livro bilíngue que conta a própria trajetória

Comemorando os 20 anos de carreira, a escritora Elizandra...

para lembrar

Dona Zica Assis responde ao artigo: “Respeite nosso cabelo crespo”

Carta de Zica Assis - Beleza Natural   Oi Ana Carolina, Meu...

Descolonizar a língua e radicalizar a margem

Uma resenha sobre “Um Exu em Nova York” de...

Rita Bosaho é a primeira mulher negra eleita deputada em Espanha

O resultado das recentes eleições é histórico também porque...

Evento gratuito voltado à literatura afro-brasileira é realizado em Porto Alegre

12ª Festipoa Literária começa nesta segunda-feira (29) e segue...
spot_imgspot_img

O precário e o próspero nas políticas sociais que alcançam a população negra

Começo a escrever enquanto espero o início do quarto e último painel da terceira sessão do Fórum Permanente de Pessoas Afrodescendentes, nesta semana na...

Fórum da ONU em Genebra discute desenvolvimento econômico dos negros

No terceiro dia do 3º Fórum Permanente de Pessoas Afrodescendentes, promovido pela ONU, em Genebra, a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, destacou a importância...

Instituto Geledés promove evento sobre empoderamento econômico para população negra

O Geledés – Instituto da Mulher Negra realizou nesta quarta-feira (17) evento paralelo ao Fórum Permanente de Pessoas Afrodescendentes que acontece na sede das Nações...
-+=