Eto’o se diz vítima de racismo e revela esperança de mudança com a Copa

O camaronês Samuel Eto’o afirmou ter esperança de que a Copa do Mundo da África do Sul mude o quadro de racismo que ainda considera existir em todo mundo. O artilheiro disse nesta terça-feira que durante toda a sua carreira foi diversas vezes vítima de preconceito racial. As informações são do site “Fifa.com”.
– Nunca foi fácil e até o final da minha carreira não será fácil. Mas talvez esta Copa do Mundo, sendo a primeira na África, possa mudar as atitudes – desabafou.
Eto’o afirmou ter sido vítima de racismo na Espanha e até mesmo na Itália, onde mora atualmente. O atacante do Inter de Milão já foi três vezes campeão pela Liga dos Campeões da Europa (2006, 2009, 2010).
– Eu sofri muito na Itália este ano. Portanto, não é apenas em um país que existe racismo. Mas para obter benefícios você tem que passar por isso. E é por isso que é incrível estarmos jogando no país do meu ídolo, Nelson Mandela.
Em um dos casos que Eto’o disse ter sofrido racismo, pessoas compararam ele com um macaco.
– Quando eu joguei contra o Zaragoza, imitaram macacos e atiraram amendoins em campo. Então, quando eu marquei, dancei na frente deles como um macaco.
A estreia de Camarões na Copa do Mundo será contra o Japão, no dia 14 de junho. Em seguida, os Leões pegarão Dinamarca (19) e Holanda (24) pelo Grupo E.

+ sobre o tema

Beyoncé se manifesta sobre protestos em Baltimore

Cantora Beyoncé também pediu doações para instituição que luta...

Taís Araújo: Estamos nos anos 40 na questão racial

Ao lado de seu marido, o ator Lázaro Ramos,...

Le Monde Diplomatique assume racismo

Jornal não havia assumido posicionamento racista em nota de...

Deputada Leci Brandão rebate declaração de sertanejo

Sambista Leci Brandão reagiu com veemência à declaração do...

para lembrar

spot_imgspot_img

Presos por racismo

A dúvida emergiu da condenação, pela Justiça espanhola, de três torcedores do Valencia por insultos racistas contra Vini Jr., craque do Real Madrid e da seleção brasileira. O trio...

Formação territorial do Brasil continua sendo configurada por desigualdades, diz geógrafo

Ao olhar uma cidade brasileira é possível ver a divisão provocada pela segregação espacial no território, seja urbano, seja rural. A avaliação é fruto...

Família de João Pedro protesta contra decisão que absolveu policiais

Os parentes do adolescente João Pedro, morto por policiais civis durante uma operação na comunidade do Salgueiro, em São Gonçalo, no Grande Rio, em...
-+=