quarta-feira, outubro 5, 2022
InícioGeledésProjetos em AndamentoGeledés Instituto da Mulher Negra desenvolverá projeto voltado para o direito à...

Geledés Instituto da Mulher Negra desenvolverá projeto voltado para o direito à educação das meninas negras com apoio do Fundo Malala

É com imensa alegria que Geledés Instituto da Mulher Negra vem anunciar que, desde setembro de 2021, passou a integrar a Rede de Ativistas pela Educação do Fundo Malala. Como parte desse grupo, a instituição recebe um financiamento para desenvolver o projeto “Defesa do direito à educação de meninas negras”,  com o apoio do Fundo Malala.

Este projeto propõe ações de incidência e monitoramento das políticas públicas de promoção do direito à educação com equidade de raça e gênero por meio da três objetivos: a) articulação de organizações da sociedade civil para incidência das agendas de gênero e raça nos espaços de poder e tomada de decisão; b) proposição de políticas públicas e programas estatais em defesa do direito à educação de meninas negras; e c) fortalecimento da convivência democrática.

Ao considerar os princípios de atuação da instituição, em que equidade de raça e gênero são basilares para a construção de uma sociedade com justiça social, buscamos sensibilizar e mobilizar a sociedade, as instâncias participativas e os espaços de decisão sobre a realidade experienciada pelas mulheres e pela população negra e a necessidade de adoção de estratégias voltadas para esses segmentos a fim de combater as desigualdades. Por isso, nesse momento de crise atuamos no enfrentamento à pandemia com especial atenção à realidade de pessoas negras e integramos articulações que visam barrar retrocessos políticos nos campos legais e na atuação do Estado.

Durante o período de dois anos (2021-2023), a organização trabalhará com o mapeamento das agendas de raça e gênero nas políticas educacionais, com foco nos poderes executivo, legislativo e judiciário em âmbito federal, e com a formação de 5 secretarias municipais de educação para o desenvolvimento de um trabalho intersetorial de enfrentamento às desigualdades e garantia do acesso e permanência de meninas negras às instituições de educação básica. 

Pretendemos chegar ao fim desse projeto com a produção de evidências que qualificam a atuação em defesa do direito à educação de qualidade com equidade e ter experiências efetivas de políticas públicas para o enfrentamento às desigualdades de raça e gênero.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench