Google demite engenheiro que publicou manifesto contra diversidade

Em seu texto, o agora ex-funcionário da empresa afirma que os homens são mais predispostos biologicamente do que as mulheres para o mercado de TI.

no IDGNow

O Google demitiu nesta segunda-feira, 7/8, um engenheiro sênior de software que causou polêmica nos últimos dias ao compartilhar um manifesto de 10 páginas contra a diversidade. As informações são da Bloomberg.

O engenheiro em questão, James Damore, confirmou junto à Bloomberg a sua demissão, dizendo que foi dispensado pelo Google por “perpetuar estereótipos de gênero”.

No seu texto, que foi descoberto pelo Motherboard e tornou-se viral no final de semana, Damore afirma que os homens são mais predispostos biologicamente do que as mulheres para trabalhar no mercado de tecnologia e criticou as iniciativas do Google pró-diversidade.

Além disso, o engenheiro disse ser alvo de preconceito no Google por ter visões políticas conservadoras e alegou que a empresa deveria trocar as iniciativas pró-diversidade por ações que fortaleçam a “diversidade ideológica”.

Inicialmente, o Google se manifestou de maneira aparentemente tranquila sobre o caso, dizendo que as afirmações de Damore não representavam as opiniões e ações da empresa, que, junto com outras empresas do Vale do Silício, vem sendo cada vez mais cobradas pela desigualdade de gênero em termos de cargos e salários entre seus funcionários.

As críticas cada vez maiores contra o manifesto de Damore fizeram com que o CEO do Google, Sundar Pichai, se pronunciasse junto aos seus funcionários, em um e-mail intitulado “Our Words Matter” (“Nossas palavras importam”), em que afirma que o engenheiro violou o código de conduta da gigante de Montain View. “Sugerir que um grupo dos nossos colegas possui características que os torna menos adequados para esse trabalho é algo ofensivo e não é aceitável”, afirmou o executivo, segundo o Recode.

A mensagem de Pichai não cita explicitamente a demissão de Damore, mas o fato de ele ter violado o código de conduta da empresa, como o CEO deixa claro, pode ter sido o motivo para a sua dispensa pelo Google

+ sobre o tema

Não somos defensores de bandidos!

Não somos defensores de bandidos! – Diálogo com a sociedade...

Por que os cientistas falam em uma epidemia de miopia – e qual a sua origem

Nos últimos 50 anos, o número de pessoas míopes...

Churrascão diferenciado versão ‘cracolândia’

Porque na "cracolândia" todo mundo é gente como a...

Massacre em Manaus reforça imagem global de ‘inferno’ das prisões do Brasil

Massacre em Manaus reforça imagem global de 'inferno' dos...

para lembrar

Amal Clooney defende direitos humanos mas só lhe fazem perguntas sobre roupa

60 jornalistas na sala do Tribunal Europeu dos Direitos...

Jovem vai para UTI com trombose cerebral por pílula anticoncepcional

Em relato no Facebook, Juliana Pinatti conta que tomava...

As denúncias de violações de direitos humanos na Terra Indígena Yanomami

Semana passada foi lançado o relatório "Yanomami Sob Ataque:...
spot_imgspot_img

‘Geração ansiosa’: transtornos mentais em crianças que vivem grudadas no celular aumentam no mundo todo

Veja o vídeo da matéria Crianças e adolescentes do mundo todo estão em perigo. É o que diz o livro “A geração ansiosa”, do psicólogo...

Unicef lança campanha para reforçar o combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

No último sábado (18) foi celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Em um esforço...

Curso introdutório de roteiro para documentário abre inscrição

Geledés Instituto da Mulher Negra está promovendo formações totalmente online para jovens negres em todo o Brasil. Com um total de 6 formações independentes...
-+=