Jogadores da seleção reclamam de violência da Costa do Marfim

Grupo diz que árbitro não coibiu o excesso de vontade dos rivais e lamenta lances que causaram a expulsão de Kaká e a saída de Elano, machucado

Os jogadores da seleção lamentaram os lances mais ríspidos da Costa do Marfim na partida deste domingo, no estádio Soccer City, em Joanesburgo. Após o triunfo por 3 a 1, que garantiu o Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo, o grupo lamentou a violência do adversário, que cometeu 23 infrações contra 17, e a falta de pulso do árbitro francês Stephane Lannoy durante o confronto.

Autor de dois gols no triunfo brasileiro, Luis Fabiano reclamou da forma como os jogadores da seleção foram caçados pelos marfinenses.

– Importante foi a vitória, a classificação, apesar de ter tomado muita porrada. A Costa do Marfim fez um jogo desleal, mas foi bom marcar os gols – analisou o centroavante.

Kaká, que acabou expulso no fim da partida após levar o segundo cartão amarelo, também lamentou a atitude do árbitro. O apoiador não quis criticar Stephane Lannoy abertamente, mas deixou claro que não aprovou a maneira como o confronto foi conduzido.

– O fim do jogo ficou um pouco mais violento, mas a Fifa sabe o que fazer com os árbitros. Não vou falar nada a respeito dele – disse o meia, que teve uma boa atuação, principalmente no segundo tempo da partida no Soccer City.

O atacante Robinho também reclamou do excesso de vontade do adversário. Para o Rei das Pedaladas, a Costa do Marfim abusou dos lances violentos desde o início da partida.

– Eles estavam batendo, e nós tentando jogar futebol. O Kaká jamais ia fazer isso, dar uma cotovelada. O cara simulou, o árbitro expulsou e nos prejudicou – lamentou o jogador, lembrando do cartão vermelho aplicado a Kaká.

As jogadas desleais dos marfinenses acabaram tirando o meia Elano da partida. No segundo tempo, o jogador levou uma entrada de Tioté e saiu carregado do gramado.

– Eles têm jogadores fortes, mas no meu lance acho que houve um excesso de força do jogador da Costa do Marfim. Mesmo na hora da dor, eu dizia para o juiz que nem falta ele tinha dado. O árbitro poderia ter sido mais rígido – analisou o meia.

Na próxima sexta-feira, a seleção brasileira vai enfrentar Portugal, em Durban, pela última rodada da primeira fase da Copa do Mundo. Kaká, suspenso, está fora, e Elano será reavaliado para saber se terá condições de entrar em campo.

Fonte: Globoesporte

+ sobre o tema

Afro-Cubanos

O termo afro-cubano se refere a cubanos de ancestralidade...

‘As mulheres são criadas para achar que o casamento é muito importante’ diz Chimamanda Adichie

Escritora aclamada pela crítica internacional, a nigeriana pertence ao...

Bolsas para graduação no Brasil

Estudantes de 24 países africanos podem tentar uma vaga...

para lembrar

Sabotage, história e música contada pelo olhar de Toni C.

Na terceira edição do “Entrevista Aberta" o autor...

Filme de animação moçambicano em destaque na África do Sul

Os Pestinhas, uma longa metragem animada, criada e produzida...

Seedorf será o novo técnico do Milan, diz canal italiano

  O canal italiano Sky Sportnoticiou nesta sexta-feira que...

Sherrie Silver, a coreógrafa por trás do sucesso ‘This is America’, de Childish Gambino

Incensado pela crítica, o videoclipe de "This is America",...
spot_imgspot_img

Aos ‘parças’, tudo

Daniel Alves da Silva, 40 anos, 126 partidas pela Seleção Brasileira, 42 títulos, duas vezes campeão da Copa América e da Copa das Confederações,...

Mbappé comunica ao PSG que vai sair do clube ao fim do contrato

Mbappé comunicou à diretoria do Paris Saint-Germain que vai deixar o clube ao fim do contrato, o qual se encerra em junho. A informação foi dada...

Costa do Marfim venceu o CAN 2024

Já é conhecido o vencedor da 34ª edição do Campeonato Africano das Nações de futebol: a Costa do Marfim. Primeira parte: vantagem Nigéria A selecção nigeriana, que tinha...
-+=