Justiça decreta prisão de suspeito de envolvimento no caso Marielle

Justiça decreta prisão de suspeito de envolvimento no caso Marielle.

A 4ª Vara Criminal do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva de Orlando Oliveira de Araújo, conhecido como Orlando Curicica, suspeito de envolvimento com os assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em março deste ano. A prisão decretada pela Justiça, no entanto, não tem relação com o caso Marielle. O motivo é um homicídio ocorrido em 2015.

Justiça decreta prisão de suspeito de envolvimento no caso Marielle

Curicica já está preso desde outubro de 2017 e, em junho deste ano, depois de ser apontado como suspeito do assassinato de Marielle, foi transferido para o presídio federal de Mossoró. Ele nega envolvimento no crime.

O alvo da denúncia contra Curicica desta vez foi o assassinato de Rafael Freitas Pacheco, além da tentativa de homicídio de Raquel Ferreira da Costa, ocorridos em novembro de 2015, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio.

Além de Curicica, tiveram a prisão preventiva decretada nesse processo William da Silva Sant’Anna, Guilherme Anderson Olivieira Christensen e Renato Nascimento dos Santos.

+ sobre o tema

Estou farta de meu corpo ser mais do que um corpo

Estou nua, em pé diante do espelho do banheiro. Por Danielle...

Designer cria a ‘Barbie normal’, com estrias e espinhas

Desde que foi apresentada na Feira Anual de Brinquedos...

Mulheres negras e poder: um novo ensaio sobre as vitórias

Em respeito às mais velhas, peço licença, agradeço e...

Bolsonaro vira réu por falar que Maria do Rosário não merece ser estuprada

Deputado disse que ela é 'feia'; ele responderá por...

para lembrar

Mostra “Rio Festival Gay de Cinema” levanta debate sobre sexualidade

Evento terá debates, oficinas e seminários paralelos às exibições. Um...

Governo diz que dará suporte em casos de gravidez de anencéfalos

STF decidiu que não é crime interromper gestação de...

‘Viagra feminino’: veja 7 perguntas sobre o remédio aprovado nos EUA

Venda de flibanserin foi autorizada nos Estados Unidos nesta...

Eu me arrependo dos meus silêncios

Toda mulher que foge do que lhe é imposto...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=