Kenia Maria lança livro infantil que resgata raízes da cultura negra

“Flechinha, o príncipe da floresta” é a primeira edição de uma série com adaptações lúdicas dos orixás

Da CLAUDIA

Foto: Daniel Barboza/Divulgação

A escritora Kenia Maria, Defensora das Mulheres Negras pela ONU Mulheres, lançou no último sábado (16) o livro Flechinha, O príncipe da floresta. Esta é a primeira obra das seis edições que compõem a coleção infanto-juvenil Contos de Um Brasil que Eu não sei. Cada exemplar deve contar, de forma lúdica, a história de um Orixá.

O objetivo da coleção é chamar a atenção para a lei que tornou obrigatório o ensino da cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas públicas e particulares, do ensino fundamental ao ensino médio, mas que ainda não é cumprida.

“É com muito orgulho que lanço esse projeto. A lei 10.639/03, antirracista, está aí para ser cumprida, embora ainda haja muita resistência por parte das instituições de ensino no Brasil. Temas como a escravidão, por exemplo, deve ser abordado como um dos maiores crimes cometidos contra a humanidade, que comprometeu e segue comprometendo a história, a existência e o desenvolvimento da população negra”, afirma Kenia.

+ sobre o tema

Um desabafo sobre a série ‘Chewing Gum’ ou porque Tracey é uma personagem fantástica

O dramaturgo francês Georges Feydeau certa ocasião recomendou que...

Como se fosse um saco

Essa foi a forma com que Cláudia da Silva...

Precisamos reconhecer nossa palmitagem

Muito se tem discutido sobre a solidão da mulher...

Uylê das Pretas acontece neste sábado, às 16h, na Casa da Pólvora

Evento faz parte do 25J, mês da mulher negra,...

para lembrar

“O stalking é um crime de género”

Este ano, houve 445 queixas de stalking (assédio persistente),...

Pelo fim do Sexismo, da homofobia e intolerância religiosa nas Escolas brasileiras

O Plano Nacional de Educação (PNE) acaba de ser...

Feminicídio: Homem mata ex-namorada três dias depois de ser preso por agredi-la

O caso aconteceu no Distrito Federal: inconformado com o...

Escritora Cidinha da Silva está em BH para lançar novo livro

Um dos mais importantes nomes da literatura negra contemporânea,...
spot_imgspot_img

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...

Em reunião com a ministra das Mulheres, movimentos denunciam casos de estupros e violência em abrigos para atingidos pelas enchentes no RS

Movimentos feministas participaram de uma reunião emergencial com a ministra da Mulher, Cida Gonçalves, no final da tarde desta terça-feira (7), de forma online....

Documentário sobre Ruth de Souza reverencia todas as mulheres pretas

Num dia 8 feito hoje, Ruth de Souza estreava no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O ano era 1945. Num dia 12, feito...
-+=