A maravilhosa resposta dessa mulher às piadas sobre seu corpo no álbum de noivado

Até quando as mulheres vão aceitar ter seus corpos julgados por desconhecidos como uma prática normal? Fulana está muito gorda, beltrana muito magra e ciclana é obcecada pela academia. São comentários que ouvimos todos os dias e chegamos até mesmo a acreditar que tem algo errado também com o nosso corpo. Foi como tentaram fazer que a enfermeira Mzznaki Tetteh, de Gana, se sentisse.

Do Hypeness

Há uma semana, ela publicou fotos de seu álbum de noivado com o construtor civil Kojo Amoah. Uma das fotos, em que Kojo aparece levantando Mzznaki parece ter chamado especial dos seguidores da moça.  Mesmo que a maioria dos comentários recebidos na fotografia fossem positivos, algumas pessoas deixaram claro que achavam que ela estava “gorda demais para ser levantada“… #inveja

amor1

A fotografia teve quase 1.500 comentários em apenas uma semana e a resposta de Mzznaki quebrou a internet. Depois do ocorrido, ela passou a postar mais e mais fotografias, mostrando que não se abalou nadinha com os comentários maldosos e continua muito auto-confiante. E, além de tudo, está mais famosa do que nunca com seus 27 mil seguidores recém-ganhos no Instagram. A-R-R-A-S-O-U!

amor5

Ainda confiante… Seus comentários de lixo não estão arruinando a minha felicidade…Obrigada a todos pelos elogios e votos… Me sinto honrada. ✌✌”

amor2

amor8

amor7

amor6

amor4

 

Leia Também:

Atriz de “Preciosa” faz cena de sexo em “Empire” e é alvo de preconceito na web

Pode sim: casar gorda

 

 

Todas as fotos © Mzznaki Tetteh

+ sobre o tema

Estudante defende TCC sobre reconhecimento da beleza da mulher negra em quilombo no Pará

Durante mais de dois anos, a estudante promoveu oficinas...

Kapulana publica a obra ‘Minha irmã, a serial killer’, da nigeriana Oyinkan Braithwaite

Chega ao Brasil o aclamado livro Minha irmã, a serial...

“Burra e feia”. Assim falou o racista

Estava com uma amiga branca tomando uma cerveja no...

para lembrar

‘Negada’: um espaço para ver e ouvir sobre negritude

Programa passa a ser fixo a partir desta quinta-feira...

Reflexões sobre a sexualidade e sensualidade negra

Pedaço de um papo instigado por amigas negras que...

Para um novo ano: Livre-se homens que são como âncoras em nossas vidas

Dia desses voltei a assistir Grey’s Anatomy, e percebi que...
spot_imgspot_img

Ela me largou

Dia de feira. Feita a pesquisa simbólica de preços, compraria nas bancas costumeiras. Escolhi as raríssimas que tinham mulheres negras trabalhando, depois as de...

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...

Comida mofada e banana de presente: diretora de escola denuncia caso de racismo após colegas pedirem saída dela sem justificativa em MG

Gladys Roberta Silva Evangelista alega ter sido vítima de racismo na escola municipal onde atua como diretora, em Uberaba. Segundo a servidora, ela está...
-+=