MC Carol: ‘Se homem ficasse grávido, o aborto já teria sido legalizado’

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal considerou nesta terça-feira (29) que aborto até o terceiro mês de gravidez não é crime. No entanto, a decisão está relacionada a um caso específico e não vale para todas as ocorrências no Brasil.

Por Amauri Terto, do HuffPost Brasil

Essa decisão inédita reacendeu a discussão sobre o aborto nas redes sociais.

Na manhã desta quinta (1º), MC Carol decidiu se posicionar sobre o assunto em sua página no Facebook. Com um texto intitulado Meu Útero é um Berço e Não um Cemitério, a cantora defende a liberdade da mulher em relação ao próprio corpo.

De início, ela declara:

“Antes de ser contra o aborto, procure saber mais. Se você é a favor da vida, então seja a favor do aborto, porque milhões de mulheres morrem por ano no Brasil.”

A MC também aborda a questão da desigualdade social que torna o problema ainda mais grave para as mulheres pobres do Brasil.

“Gente, só é visto como aborto, como crime, como uma coisa errada e ilegal quando a mulher é pobre! Na Europa e em outros países, em até 12 semanas, o aborto é legalizado. Quando a mulher é rica, de família rica, ela vai para o exterior onde não é crime, tira o feto com os melhores médicos, faz uma lipo e volta.”

De acordo com o Código Penal brasileiro, uma mulher que aborta está seujeita a punição que vai de 1 a 3 anos de prisão. Já o médico que realiza o aborto pode ficar preso por até 4 anos.

Atualmente, a prática do aborto é permitida no Brasil apenas em três casos: quando há risco de vida para a mulher, quando a gravidez é resultado de um estupro e em caso de feto anencéfalo.

Ao final da reflexão, MC Carol ressalta que a permanência do aborto na condição de crime não vai mudar o cenário dos abortos clandestinos.

“Qualquer um pode arrumar R$ 2.400 para abortar. A questão é que o aborto clandestino não vai parar. A forma legal é diferente da forma ilegal. Nenhuma mulher que opta por não ter o filho é vista como monstro na Europa. Então seja a favor da vida da mulher.”

Leia o texto na íntegra:

+ sobre o tema

Preconceito e ilegalidades marcam ações da PM em bailes Funk nas periferias

  Reportagem do Brasil de Fato flagrou ação...

Mapa da violência 2010 – Anatomia de Homicídios no Brasil

Criada no início do processo preparatório da III...

Grupo de skinheads espancam três jovens

O grupo skinheads de cinco jovens, entre eles quatro...

para lembrar

Sucessos na juventude tornam mais prováveis os sucessos na vida adulta

Os primeiros anos de vida têm expressivos desdobramentos na...

Cinco lições vindas da Bahia por Flávia Oliveira

Do enredo que transbordou restaram cinco lições no O Globo Faz...

Nigeriano diz que não volta para África após polêmica sobre racismo

Universitário processa professor por ofensas na Federal do Maranhão. 'Gosto...
spot_imgspot_img

O amor com o sol da manhã

Eu gosto do amor, eu gosto de amar. Inclusive, já escrevi muito sobre o amor nestas páginas, algumas vezes de forma explícita, outras vezes...

Se o Estado perder o controle, o que vai restar?

Cinco pessoas foram mortas durante a 16ª operação policial do ano no Conjunto de Favelas da Maré, nesta terça-feira, 11 de junho. Uma das...

Após ‘discriminação racial’, Lewis Hamilton compartilha postagem em defesa a Bukayo Saka

O heptacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton, utilizou suas redes sociais para compartilhar um texto em em defesa do jogador Bukayo Saka, da...
-+=