Nonno Paolo – Aberto processo para apurar racismo em restaurante de SP

A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania instaurou processo para apurar discriminação racial sofrida por um garoto negro de 6 anos retirado por um dos funcionários de um restaurante, na Vila Mariana, na zona sul de São Paulo. A criança etíope teria sido confundida com um pedinte por um funcionário do local.

O coordenador de Políticas para População Negra e Indígena, da Secretaria da Justiça, Antonio Carlos Arruda, anunciou a instauração do processo, na última quarta-feira, 4. “Se apurada a discriminação, o estabelecimento poderá ser multado”, explicou o responsável pela instauração do processo administrativo, baseado na Lei Estadual nº 14.187/2010, que pune atos discriminatórios por motivo de raça ou cor no Estado.

O caso aconteceu na noite do dia 30 de dezembro. O casal de espanhóis pais da criança, que é adotada, disse à polícia que ela fora posta para fora do estabelecimento por um dos funcionários do restaurante. O garoto, disse a mãe à época, foi encontrado chorando no meio da rua.

 

 Matérias Relacionadas: 

Sueli Carneiro: Nonno Paolo – um caso emblemático

Sementes do mal por Sueli Carneiro

‘Lá nunca mais volto’ – SEU JORGE sofre racismo na Itália – áudio

Será que temos que ter medo da polícia? Thalma de Freitas vai processar PMs por abuso de poder

Homem negro espancado, suspeito de roubar o próprio carro

Racismo no Colégio Anhembi Morumbi – Estagiaria forçada a alisar o cabelo para manter a ‘boa aparência’

Ao ser levado para a viatura, um policial disse para o advogado: ‘Negão, o pau vai cantar pra ti’

Racismo no Galeto Sat’s Rio de Janeiro

Restaurante Nonno Paolo – O racismo não cordial do brasileiro

 

 

Fonte: Diário do Grande ABC

+ sobre o tema

Como as escolas de samba nos ensinam sobre ancestralidade

Desde que foram criadas, escolas de samba têm sido...

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

para lembrar

Delegada indicia funcionário de estande da Editora Abril na Bienal por racismo

Segundo advogado do colégio, alunas foram ofendidas em estande...

Racismo disfarçado de brincadeira no trabalho também é crime

A discriminação racial no Brasil ainda é um obstáculo...

Museu exibe carta inédita de Hitler

Documento é de 1919, quando Adolf Hitler era um...

Um filme com Liam Neeson foi adiado no Brasil após o ator ser acusado de racismo

Protagonizado pelo ator irlandês Liam Neeson, 66 anos, o...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=