O que é do homem, o bicho não come! – Por Cidinha da Silva

A  televisão mostrou a bichona embolada dentro da caixa, doida para serpentear  no chão. A destinatária da encomenda, cuja identidade a polícia protegia, estranhou o peso da caixa e a movimentação interna. Largou o pacote no jardim e pediu socorro a uma rádio patrulha na rua, segundo informou no depoimento.
Os policiais levaram o imbróglio para a delegacia e quando abriram foi aquela correria. Uma jararaca preta e branca, adulta e faminta quase come a mão do desavisado que conversava com os amigos enquanto tirava os pregos das laterais da madeira. Sabe como eles resolvem tudo a bala, não é? Um deles quis logo atirar no réptil, outro o impediu, alertou sobre os possíveis problemas com a imprensa e o IBAMA. Trancaram a cobra na salinha onde a tinham libertado e foram buscar o pessoal do Butantã, enquanto as bolsinhas cheias de veneno do animal estufavam-lhe as bochechas .
A bicha deu trabalho para ser imobilizada. No Instituto recebeu água, comida, um cafuné na cabeça e tratamento para um ferimento.
A polícia conduz as investigações considerando a  possibilidade de tráfico de animais silvestres e contrabando de veneno.  Cá para nós, isso é hipótese de cientista de laboratório. Falta a esses investigadores entendimento da alma humana.
Pensem comigo, como é que você recebe um pacote dos correios e chama a polícia? É porque você já desconfia da remessa, não é não? Suspeita o que pode ter lá dentro ou pelo menos tem indícios de quem seja o remetente e do que seja capaz de remeter.
Enviar jararaca pelos correios? Tenha fé em Deus! Tá na cara que isso é coisa de mulher traída! Traição de amante, de amiga, traição, traição! Traição é assim, dispara dentro do vivente um veneno sem antídoto que provoca necrose imediata no coração, falência renal e hemorragia intracraniana.
A jararaca era vingança de mulher abandonada. O marido deve ter trocado a remetente pela destinatária e deviam ser amigas, na certa, senão não haveria traição nem necessidade do simbolismo da cobra. Porque quem trai é amigo, gente de confiança. Inimigo não trai. Inimigo faz tocaia, dá o bote e está tudo nos conformes. Amigo traidor não, este atira pelas costas, escondido até pelo véu de fumaça de que está agindo para o seu bem, buscando o melhor para você.
Como assim? Toma o marido da outra e quer me enganar que deseja o melhor para ela? Qualequeé? Sou  obrigada a dizer que a destinatária tirou onda com a cara  da remetente e se deu mal.

 

E a melhor vocês não sabem. A cobra não picou a candidata a vítima, o veneno não entrou pelas veias, mas entrará por via oral. A pressão arterial da moça foi para as alturas com o susto e a médica consultada receitou Captopril, anti-hipertensivo ironicamente desenvolvido a partir do veneno da jararaca. É por isso eu digo: O que é da mulher, o bicho não come!

+ sobre o tema

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda...

para lembrar

Três enviados de Obama visitam o Brasil em menos de uma semana

Em menos de uma semana, três enviados do governo...

Após decisão da Justiça, cigana leva filha para casa

Bebê tinha sido tirado de seus braços à força...

O conferencismo sequestra a democracia e insulta a inteligência

Vendo a ocupação dos "Indignados" - protesto difuso, de...

O pessimismo de Stuart Hall é um alerta importante para os rumos da esquerda na América Latina

Stuart Hall, pensador jamaicano radicado há 60 anos na...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança e ganham menos que os homens ao desempenhar a mesma função, apesar destes indicadores registrarem...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...

IBGE: número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave em SP cresce 37% em 5 anos e passa de 500 mil famílias

O número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave no estado de São Paulo aumentou 37% em cinco anos, segundo dados do Instituto...
-+=