segunda-feira, novembro 28, 2022
InícioQuestões de GêneroLGBTQIA+Orlando/USA é aqui (todos os dias)

Orlando/USA é aqui (todos os dias)

Por Eloá Kátia Coelho Enviado para o Portal Geledés

Nasceram do mesmo útero da vida

Um com visão dividida

Então, colocou uma dúvida.

E quis ser por ela promovida…

Apenas fui eu e disse: – não fiz nada que me incrimine

Porque conceito não me define

Mas há quem afirme

Que minha identidade sexual

É um baita pecado mortal

Declarou sentença de morte coletiva

Como se eu não tivesse, do meu corpo, a prerrogativa?

Minha identidade sexual não é, na sua vida, uma alternativa.

De propagar, rastro de ódio, como perspectiva.

Nem me venha com negativa

Não aceitarei uma intimativa

Porque tenho muita saliva

De militância ativa

Junto aos meus, muita iniciativa.

Não viverei apreensiva…

Para sua ofensiva

Descomunal

Tenho a compreensiva e afirmativa da minha identidade e tal;

Não vai colocar, na minha felicidade, ponto final.

Eu amo por que amo

Por isto que eu chamo… Eu clamo:

– Que pecado mesmo é não amar.

Esta situação não vai me imobilizar e nem me calar.

Mas querem assunto sobre minha vida particular?

Então vamos publicar

Este tamanho preconceito

Sinto muito não aceito

O lugar que querem me colocar.

Pela essência humana saí do armário

Agora meu corpo é amorosamente revolucionário.

Mesmo você sendo um lobo solitário

Quer que eu diga: – é um lunático imaginário

Fanático você não conhece marco civilizatório.

Nem da vida conhece histórico.

A sua ignorância

Mostra a intolerância

Deste ato insano

Por demais, desumano.

Sua teoria é fundamentalista

Tire-me de sua lista.

Quer me aplicar pena capital?

Por conta de minha identidade sexual?

Você usa, em mim, sua fé?

Para dizer como minha vida é?

Não venha me dar sermão ou conselho

Por que você não é espelho

Quer ser quem eu sou, mas não tem coragem.

Então, deturpa minha imagem.

Manipula e cria plateia

Não venha me dar sua ideia

Não chegue perto de mim

Porque eu não estou a fim

De, na tua fé, me converter.

Em mim não impera o seu querer!

No atacado faz esta falsa moral

E no varejo faz lavagem publicamente cerebral

Neste seu processo de doutrina

Surreal, não é normal e nem natural.

Isto não pode virar rotina

Quer falar de valores, princípio e honestidade?

Pergunte onde está minha felicidade.

Gritarei sem titubear…

– Eu quero, sem discriminação, AMAR!

Veja o quanto o mundo precisa de esperança

Terei esta triste lembrança…

Que Orlando/USA, também é aqui, todos os dias.

Esta é uma barbárie que aplaco este luto somente com poesias.

Minhas lágrimas estão secas!

Esta equação

Da tua religião

Não entra em nossas cabeças.

O mundo não é perfeito

Mas não é defeito

Amor, existir, entre iguais.

A única coisa que você precisa de verdade? É amar muito e muito mais!

A diversidade e o multiculturalismo estão neste mundo contemporâneo

Não deixarei minha emoção no subterrâneo

Porque o amor é espontâneo.

Elemento da natureza

Será nesta tristeza

Que a bandeira colorida será fortaleza

Tenho certeza que ela gera riqueza, beleza e humana gentileza.

Dentro das minhas entranhas e do meu amago

Não há absoluto engano

De quem eu quero ser

Resta-me então escrever

Escrevo para não me perder

Sou reporte do meu tempo

E com este acontecimento

Urge falar de sentimento

Para entender teu mórbido pensamento

No mundo há um luto, uma dor.

Rabisco, grafito e pincelo:

– Mais AMOR, por favor!

Por onde ando eu planto muda e muda de flor

Quero a vida colorida

Veja uma saída

Minha arma é semear

A esperança vai acordar

A criança vai gritar:

– O mundo vai mudar!

Eloá Kátia Coelho

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench