Padre critica machismo, homofobia e Bolsonaro e ganha as redes sociais

Padre fez discurso corajoso contra o ódio em pregação que marcou o primeiro dia da Quaresma para os católicos (vídeo). Julio Lancellotti criticou duramente a cultura do estupro, o machismo, a homofobia e o deputado Jair Bolsonaro
Foto: Rafael Stedile

Do Pragmatismo Politico

O padre Julio Lancellotti fez um discurso histórico no último domingo (5), em São Paulo, durante a pregação que marcou o primeiro dia da Quaresma para os católicos (vídeo abaixo).

O religioso criticou duramente a cultura do estupro, o machismo e a homofobia, além de chamar a atenção para a necessidade de nos voltarmos para os mais pobres e necessitados.

“Defendam os fracos, não aceitem a covardia contra os pobres e os pequenos”, afirmou.

No Facebook, o vídeo com a pregação de Julio Lancellotti foi visto mais de 150 mil vezes até o fechamento desta nota e recebeu milhares de comentários elogiosos.

Ao lembrar do Dia Internacional da Mulher, comemorando no dia 8 de março, o padre disse que “Não basta dizer parabéns para a mulher que você conhece [para celebrar o dia]. Você precisa ser alguém que mude a sua cabeça, a maneira de educar, para que não haja mais cultura do estupro. Que os meninos não pensem que são mais fortes que as meninas e que não mandem nelas”.

Ainda com relação às mulheres, o padre tocou em um tema delicado: a divulgação de conteúdo íntimo nas redes sociais sem consentimento — prática que tem destruído a vida de centenas de mulheres e até provocado suicídios em série.

“Isso é inaceitável e é crime. O corpo das meninas é tão sagrado quanto de todos e não pode ser tocado sem que ela aceite ou queira”, ponderou.

Por fim, o padre se disse assustado pela devoção provocada por “uma figura homofóbica e violenta” como Jair Bolsonaro.

“Eu fico impressionado — e não tenho medo dizer, não precisa cortar a gravação –, que uma pessoa homofóbica, violenta como Bolsonaro, apareça nas pesquisas eleitorais e seja seguido por tanta gente no Brasil. Isso é vergonhoso”

ASSISTA AO VÍDEO:

 

+ sobre o tema

Professor da Ufes suspeito de racismo também é acusado de preconceito contra servidora

O professor Manoel Luiz Malaguti do Departamento de Economia...

TV Bandeirantes, onde estão as finalistas negras do concurso Miss Bahia?

O Portal Correio Nagô divulgou em sua página no Facebook as candidatas...

Cidade italiana queima boneco de Salvini em ato antirracista

Um grupo de manifestantes ateou fogo em um fantoche...

Profetas do Caos

No seminário Multiculturalismo e Racismo: O Papel da...

para lembrar

A política de cotas

- Fonte: O GLOBO - Teses e truques -...

Da Ilha da Maré a outro mundo possível. Artigo de Boaventura de Sousa Santos

Pode uma ilha ser considerada sujeito de direitos humanos? Na Bahia,...
spot_imgspot_img

O amor com o sol da manhã

Eu gosto do amor, eu gosto de amar. Inclusive, já escrevi muito sobre o amor nestas páginas, algumas vezes de forma explícita, outras vezes...

Se o Estado perder o controle, o que vai restar?

Cinco pessoas foram mortas durante a 16ª operação policial do ano no Conjunto de Favelas da Maré, nesta terça-feira, 11 de junho. Uma das...

Após ‘discriminação racial’, Lewis Hamilton compartilha postagem em defesa a Bukayo Saka

O heptacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton, utilizou suas redes sociais para compartilhar um texto em em defesa do jogador Bukayo Saka, da...
-+=