Palmares, Selma e Vila Moisés: a resistência negra e os grilhões do racismo

Contrariando as previsões mais otimistas feitas aqui no Brasil e no exterior no início da década passada, o racismo não está em vias de desaparecer. Muito pelo contrário, a luta internacional contra a discriminação racial segue mais atual do que nunca frente a uma realidade onde o racismo nos agride de múltiplas formas todos os dias.

Fonte: Doc Player

por, Jean Montezuma

Faça download completo do PDF no botão abaixo:

Palmares, Selma e Vila Moisés: a resistência negra e os grilhões do racismo

+ sobre o tema

Vidas negras importam, vidas negras importadas e vidas negras expropriadas

“Pela primeira vez na história humana, o nome Negro...

Prêmio a escritor multado por racismo provoca furor na Hungria

Mais de 50 laureados com uma das maiores honras...

Os justiceiros são um sinal de alerta para a sociedade carioca

    Os episódios de “justiçamento” ocorridos nos...

para lembrar

Somos todos defensores de Rafael Braga

Jovem, negro, pobre, catador de latinhas e morador da...

Centenas debatem racismo e o que é ser negro na Europa “nos seus próprios termos”

Entre a hipervisibilidade e a invisibilidade do que é...

Não precisamos de Isis aqui. Nosso algoz é a polícia

No ano passado houve a tragédia da morte de...

Audiência expõe aliança do DEM com parte da Academia

      O segundo dia da Audiência Pública promovida...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=