Para Robin Wright, Michelle Obama seria ‘uma presidente formidável’

Enviado por / FonteDo HuffPost Brasil

Em participação no Festival de Cannes, atriz falou sobre feminismo, política e a próxima temporada da série da Netflix.

“Donald Trump roubou todas as ideias para a sexta temporada [de House Of Cards]”

A quinta temporada de House of Cards estreia só no dia 30 deste mês, mas talvez Donald Trump, nos últimos dias, tenha dado spoilers sobre a próxima temporada da série. A afirmação é da atriz Robin Wright, de 51 anos, que interpreta a primeira dama Clair Underwood na série da Netflix.

Ela foi convidada pela Variety e pela Kering’s Women in Motion para fazer uma palestra no Festival de Cannes, que acontece nesta semana, na França.

Segundo a Variety, ao dizer que Trump roubou todas as ideias da série, Wright afirma que, diante do cenário atual “precisa enxergar esperança em algum lugar”, já que ainda sobram quatro anos para o atual governo. E que talvez essa “esperança” para ela, seja ver uma mulher na presidência. “Eu quero Michelle Obama lá em cima”, disse. “Ela daria uma presidente formidável!”.

Michelle Obama (Foto: CHARLES SYKES / CHARLES SYKES/INVISION/AP)

Na narrativa de House of Cards, Claire é uma mulher destemida que, ao lado de Frank Underwood, forma uma dupla capaz de fazer de tudo pelo poder. Nesta semana, para esquentar para a próxima temporada, a Netflix divulgou um vídeo de Claire fazendo um pedido especial ao povo americano:

O sexismo e a ‘Mulher Maravilha’

 

Wright, que também dirigiu vários episódios da série para a Netflix, também é um dos destaques do longa sobre a Mulher Maravilha, previsto para estrear ainda neste ano no Brasil. Em Cannes, ela apresentou seu primeiro curta-metragem chamado The dark of night.

“O feminismo é a igualdade. Trabalho igual, salário igual”, disse a atriz ao falar sobre a indústria do cinema e pedir que a as mulheres ganhem mais espaço entre diretores, produtores, roteiristas em Cannes.

Além de levantar a bandeira pelas mulheres, a atriz ainda revelou que o assédio e sexismo estiveram sempre presentes em sua carreira. E compartilhou uma situação que marcou sua história: aos 17 anos, em Paris, ao fazer um teste para um casting…

“Pensei que estavam olhando apenas para o meu rosto, mas um cara me disse para levantar minha camisa e declarou: ‘Não, gostei mais dos peitos da outra'”, disse.

+ sobre o tema

TERREMOTO HAITI:Obama anuncia fundo Bush-Clinton de ajuda ao Haiti

    O presidente americano, Barack Obama, anunciou neste sábado a...

Lázaro Ramos quer oferecer “alternativa civilizatória” aos domingos na TV

Um programa nascido das sugestões enviadas por pessoas comuns...

Assista “Oliveira Oliveira sou eu e você”, novo clipe de Rafa Rafuagi

Trata-se da música-tema da "Exposição Palmares não é só...

para lembrar

Beyoncé aparece pela primeira vez em público após dar à luz

Apenas um mês após dar à luz sua filha...

Pelé desdenha de ofensa de Maradona e diz que é amor

Argentino disse que Rei é mal-educado, assim como o...

‘Ficção Americana’, com Jeffrey Wright, é a grande surpresa do Oscar

"Ficção Americana" não é um título ao acaso. Ele trata, em...

Lázaro Ramos quer ocupar o domingo da Globo com diálogo e com afeto

Assista à prévia de Lazinho Com Você "Existe o...
spot_imgspot_img

Carnaval 2025: nove das 12 escolas do Grupo Especial vão levar enredos afro para a Avenida

Em 2025, a Marquês de Sapucaí, com suas luzes e cores, será palco de um verdadeiro aquilombamento, termo que hoje define o movimento de...

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...

Inéditos de Joel Rufino dos Santos trazem de volta a sua grandeza criativa

Quando faleceu, em 2015, Joel Rufino dos Santos deixou pelo menos dois romances inéditos, prontos para publicação. Historiador arguto e professor de grandes méritos, com...
-+=