Policiais acusados de estupro no Rio de Janeiro são expulsos da Polícia Militar

O crime aconteceu no início de agosto, na comunidade do Jacarezinho, na zona norte da cidade

da Agência Brasil

Os quatro policiais militares acusados de terem estuprado duas mulheres e uma adolescente na comunidade Jacarezinho, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, foram expulsos da Polícia Militar por decisão do comando da corporação. O crime aconteceu no início de agosto.

Os soldados Gabriel Machado Mantuano, Renato Ferreira Leite, Anderson Farias da Silva e Wellington de Cássio Costa Fonseca trabalhavam na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Jacarezinho.

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que “a conduta grave desses policiais militares, em desacordo com os ensinamentos recebidos durante a formação, atentou contra o sentimento de dever e decoro da classe. A ocorrência deste crime, por agentes garantidores da lei, é inadmissível”.

Três policiais também respondem pelo crime na Justiça, já que o Ministério Público denunciou-os por estupro. Wellington de Cássio Costa Fonseca não foi denunciado pelo MP.

+ sobre o tema

Rebeca Andrade é prata no solo, e Flávia Saraiva fica com bronze

O Brasil colocou duas ginastas no pódio das finais...

Secretaria Nacional de Mulheres do PT manifesta sua solidariedade à ministra Iriny Lopes

Nota de Solidariedade A Secretaria Nacional de Mulheres do PT...

Entidades se preparam para Dia Internacional de Enfrentamento da LGBTIfobia, no 17 de maio

Com 117 mortes de lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e...

Quem tem medo do Feminismo?

De todos os tipos de intolerâncias existentes em nossa...

para lembrar

spot_imgspot_img

‘Abuso sexual em abrigos no RS é o que ocorre dentro de casa’, diz ministra

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, considera que a violência sexual registrada contra mulheres nos abrigos que recebem desalojados pelas enchentes no Rio Grande...

ONU cobra Brasil por aborto legal após 12 mil meninas serem mães em 2023

Mais de 12,5 mil meninas entre 8 e 14 anos foram mães em 2023 no Brasil, num espelho da dimensão da violência contra meninas...

Após um ano e meio fechado, Museu da Diversidade Sexual anuncia reabertura para semana da Parada do Orgulho LGBT+ de SP

Depois de ser interditado para reformas por cerca de um ano e meio, o Museu da Diversidade Sexual, no Centro de São Paulo, vai reabrir...
-+=