Projeto proíbe contratação de artistas com músicas racistas e homofóbicas

Proposta aprovada pela AL-MT foi enviada ao governador Pedro Taques.
Se sancionada, governo não poderá contratar artistas com músicas desse teor.

Por Pollyana Araújo, Do G1

Artistas com músicas consideradas ofensivas às mulheres ou que incitem a violência e a homofobia não deverão mais ser contratados com recursos públicos estaduais. É o que prevê um projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa do estado, na semana passada, e encaminhado ao governador Pedro Taques (PDT) para a sanção.

Autor da proposta, o deputado Alexandre Cesar (PT) afirmou que projetos semelhantes já foram apresentados em outros estados brasileiros, inclusive na Bahia, contra o uso do dinheiro público para a contratação de bandas e músicos que executem canções machistas, que desmoralizam as mulheres, e fomentam o preconceito racial e a homofobia. “É extremamente degradante a depreciação e a ‘coisificação’ da mulher. Músicas com conteúdo de discriminação racial e até mesmo com apologia ao uso de drogas ilícitas não podem ser financiadas pelo governo”, disse.

almt620x465

“É vedada a utilização de recursos públicos estaduais para a contratação de artistas que, no cumprimento do objeto do contrato, apresentem músicas que desvalorizem, incentivem a violência ou exponham as mulheres a situação de contrangimento”, diz o artigo 1º do projeto. Um inciso também estende a restrição às músicas com manifestações de homofobia ou discriminação racial e apologia ao uso de drogas.

A contratação de artistas que cantem músicas desse tipo é contrasenso, na avaliação do parlamentar. Ele argumenta que o estado tem políticas em defesa da mulher e de combate ao racismo, entre outras, e ao mesmo tempo ajudar a promover esses cantores contraria o trabalho desenvolvido. “Não é censura, mas de correta aplicação dos recursos públicos”, reforça o deputado, que deve deixar o cargo no início do mês que vem, com a posse dos eleitos no último pleito, em 2014.

Se descumprir a lei, conforme o projeto, o contratante, nesse caso o estado, deve ser multado. O valor da multa é de R$ 10 mil. Já o contratado deverá pagar multa de 50% correspondente ao valor do contrato.

Na Bahia, a ‘Lei Antibaixaria’, como é chamada, foi aprovada pelos deputados daquele estado e sancionada pelo governador Jaques Wagner, em abril de 2012. Uma lei semelhante também passou a vigorar em Fortaleza.

+ sobre o tema

Estudantes têm até esta sexta-feira (14) para se inscrever no Enem

Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame...

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes...

Inscrições no Enem 2024 são prorrogadas até 14 de junho

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

para lembrar

Inscrições para o Sisu 2015 começam no dia 19 de janeiro

Prazo vai até o dia 22 de janeiro. Sistema seleciona...

Bolsas de estudo: Japão oferece curso profissionalizante com tudo pago para jovens brasileiros

O MEXT (Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e...

Projeto contra o bullying em Olinda

Projeto contra o bullying em Olinda: o projeto Escola...

Artes e objetos africanos povoam acervo didático do MAE

  O acervo de arte afro-brasileira do Museu de Arqueologia...
spot_imgspot_img

Termina hoje (14) prazo para inscrição no Enem

Termina hoje (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro...

Estudantes têm até esta sexta-feira (14) para se inscrever no Enem

Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro...

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes e Design; Negócios e Gestão; Ciência da Computação; Ciência de Dados; Ciência e Engenharia; Ciências Sociais; Desenvolvimento Educacional e Organizacional; Humanidades; Matemática e...
-+=