Simone Manuel: Primeira campeã negra é amiga de Simone Biles e diz que significa muito

Simone Manuel fez história na piscina do Estádio Aquático Olímpico, nesta quinta-feira (11). Ao vencer a final dos 100m livre, empatada com Penny Oleksiak, a norte-americana se tornou a primeira nadadora negra a conquistar uma medalha de ouro olímpica em prova individual.

Por Guilherme Costa e José Ricardo Leite, do UOL

“Acho que significa muita coisa uma medalha assim acontecer no mundo de hoje, com alguns dos problemas de brutalidade policial. Essa vitória ajuda a trazer esperança de mudança sobre algumas questões que estão acontecendo no momento. Eu só fui lá e nadei o mais rápido que eu podia, mas minha cor vem com todo meu repertório para isso”.

A Simone da natação é amiga de outra Simone, a Biles – também negra -, nova sensação da ginástica e que conquistou a medalha de ouro no individual geral nesta quinta-feira. “Simone Biles e eu somos quase a mesma pessoa. Nós nos conhecemos há um ano e brincamos muito. Estou muito satisfeita com os resultados dela, e nós duas vamos levar medalhas para Houston. Nós estamos no mesmo quarto, e é até difícil quando as pessoas chamam ‘Simone’”, brincou.

Sobre sua atuação na final dos 100m livre, Simone Manuel se mostrou surpresa com a vitória. Ela se classificou para a decisão com o terceiro melhor tempo.

“Não acho que houve um ponto em que eu tenha percebido que ia ganhar. Não lembro muita coisa sobre os últimos 15 metros. Coloquei a cabeça mais para baixo do que deveria, e quando olhei para cima eu vi uns pontos de luz. Aí vi meu nome no topo, e isso me deixou surpresa. Aí vi que tinha empatado com a Penny. Não poderia ter sido melhor. Conheci a Penny hoje, mas ela é maravilhosa”, comemorou.

+ sobre o tema

Risco de mutilação genital feminina mais que dobrou nos EUA nos últimos 15 anos, diz ONG

Na Mauritânia, grupo de mulheres declara oposição à prática...

Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha: uma data para reflexões

Neste sábado comemorou-se o Dia da Mulher Negra, Latina...

Lyara Oliveira é a nova presidente da Spcine

Lyara Oliveira, doutora em Meios e Processos Audiovisuais pela...

Fome de ciência: a política de exclusão das mulheres negras na academia

Ao pensar o tema do artigo passei por diversos...

para lembrar

Ato em Natal marca “Dia Estadual de Combate à Violência Contra as Mulheres”

Uma caminhada realizada na tarde desta quinta-feira (27) marcou...

Violência doméstica. Uma mulher é assassinada por semana em Portugal

Desde o início do ano, já foram assassinadas 40...

Dossiê sobre ‘lesbocídio’ aponta que SP é o estado que mais registra morte de lésbicas

Trabalho foi apresentado em Sorocaba (SP), durante palestra sobre...

Thereza Santos – Teatróloga, professora, filósofa e militante negra

Após perguntarmos quantas escritoras negras você leu, sentimos a...
spot_imgspot_img

Após um ano e meio fechado, Museu da Diversidade Sexual anuncia reabertura para semana da Parada do Orgulho LGBT+ de SP

Depois de ser interditado para reformas por cerca de um ano e meio, o Museu da Diversidade Sexual, no Centro de São Paulo, vai reabrir...

1ª Parada Negra LGBT de BH acontece no próximo sábado (25/5)

No próximo sábado (25/5), data que marca o Dia da África, acontece em Belo Horizonte, a 1ª edição da Parada Negra LGBT. O evento acontece...

Em ano olímpico, Rebeca Andrade ganha homenagem da Barbie e quer inspirar outros sonhos

Rebeca Andrade, 25, possui uma longa lista de conquistas. A ginasta é medalhista olímpica, vencedora de ouro e prata, bicampeã mundial, medalhas nos jogos Pan-Americanos...
-+=