Tag: Manifestações Culturais

    madureira222

    Jongo da Serrinha ganha nova sede em Madureira

    A Associação Cultural Jongo da Serrinha terá uma nova sede em Madureira. Segundo a RioUrbe, a expectativa é que as obras sejam concluídas no final do segundo semestre. O novo prédio, que ficará ao lado da Escola Municipal República Dominicana, abrigará o projeto socioeducativo, que deu origem, em 2000, à Associação Grupo Cultural Jongo da Serrinha e ao projeto Escola de Jongo: iniciativas lideradas por Mestre Darcy, falecido em 2001 Por Beatriz Cruz, para o Favela 247 – A Associação Cultural Jongo da Serrinha, em Madureira, conta agora com uma nova sede. Referência da permanência do ritmo que antecede o samba, o grupo vinha lutando desde 2009 para conseguir um novo local depois que uma operação policial acabou destruindo a casa onde eram realizadas as atividades. Segundo a RioUrbe, um imóvel desapropriado pela prefeitura será totalmente reformado para abrigar o grupo cultural. O projeto, licitado na terça-feira, dia 4, com ...

    Leia mais
    big richard na radio vermelho55615

    O Hip Hop é expressão da cultura popular e como tal deve ser reconhecido, diz pesquisador

    'O hip hop é muito mais que música e dança. Ele busca conscientizar, educar, humanizar, promover, instruir e divertir, além de reivindicar direitos e o respeito nas relações sociais', esse foi o tom dado por Big Richard, sociólogo e professor da Universidade Católica de Brasília, ao refletir sobre a influência do hip hop na formação cultural e social no Brasil.Joanne Mota, da Rádio Vermelho em São Paulo Big Richard, que também é membro da Nação Hip Hop Brasil, também falou dos trabalhos realizados na Comissão de Cultura no Congresso Nacional, que pretende debater o Projeto de Lei do ex-deputado Maurício Rands (PT-PE), que declara o movimento Hip Hop manifestação de cultura popular. "O Hip Hop é expressão da cultura popular e como tal deve ser reconhecido", diz pesquisadorSegundo ele, se antes o hip hop era considerado, de forma preconceituosa, um “movimento de periferia”, hoje tomou as ruas, as mais diversas classes sociais, as praças ...

    Leia mais
    ivete1

    Ivete Sangalo posta homenagem a Iemanjá e evangélicos se revoltam: ‘tá repreendido’

    por Rafael Albuquerque       A cantora Ivete Sangalo é famosa, rica, poderosa e formadora de opinião. Por esses e outros motivos – principalmente mercadológicos, ela não se posiciona de forma clara e firme sobre diversos assuntos polêmicos e que envolvem crença e paixão, com exceção de futebol, já que torce declaradamente para o Vitória. Mas com relação à política e religião a cantora é sempre evasiva, escorregadia. Talvez por um lapso ou por simples vontade de quebrar as amarras, Ivete postou neste domingo uma homenagem a Iemanjá. Foi o suficiente para a artista, que tem fãs e admiradores dos mais diversos segmentos da sociedade, receber uma enxurrada de críticas dos evangélicos.    Depois do post "Salve Iemanjá!!!", uma grande discussão foi aberta nas redes sociais de Ivete. No espaço dos comentários, a baiana recebeu críticas de religiosos cristãos, que citaram trechos de livros da Bíblia, como Deuteronômio, Êxodo ...

    Leia mais
    babalao Ivani

    Candomblé, Umbanda e evangélicos unidos

    Interlocutor da CCIR, babalawo Ivanir dos Santos, avalia que fiéis de religiões diferentes se tornaram mais tolerantes Pela primeira vez nos últimos 14 anos, líderes do Candomblé, da Umbanda e da Igreja Evangélica Neopentecostal se reúnem em um mesmo evento. Organizado pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), o show Cantando a Gente se Entende trará bandas de várias religiões para celebrar a convivência entre os credos e a liberdade religiosa. O evento marca as comemorações do Dia Nacional da Liberdade Religiosa, celebrado ontem e criado em homenagem à sacerdotisa do Candomblé Gildásia dos Santos. Ela foi vítima de perseguição por uma Igreja Neopentecostal e enfartou, em 2000, ao ser acusada de charlatanismo. Nos últimos anos, o interlocutor da CCIR, babalawo Ivanir dos Santos, avalia que fiéis de religiões diferentes se tornaram mais tolerantes, mas que, institucionalmente, igrejas ainda são hostis a segmentos religiosos de matriz africana, principalmente. "Satanizam ...

    Leia mais
    UMBANDA: Orixá Regente 2014

    UMBANDA: Orixá Regente 2014

      O ano de 2014 será regido por Júpiter, o planeta da prosperidade e da fartura. O ano novo que se avizinha predispõe ao trabalho comunitário, um maior engajamento pessoal na busca e compreensão da religiosidade e favorece a mobilização das consciências contra movimentos de intolerância religiosa. Sendo na esfera astrológica o ano regido por Júpiter, na particularidade dos orixás a regência será de Xangô e Iansã, e carmicamente permanece a ação de Obaluaê que foi o regente de 2013. Há que se considerar que independente do orixá regente, todos os orixás atuam sempre e, especialmente EXU, que é o eterno movimento no Cosmo. Júpiter é um planeta de diplomacia e boa vontade. A promessa de que um ano regido por Júpiter seja um ano de abundância e expansão é fantasiosa se for interpretado pelo lado material. Xangô propicia um melhor perceber-se e perceber o outro, melhorando o diálogo inter ...

    Leia mais
    Brasil e África misturam padrões de design, revela pesquisa de dez anos

    Brasil e África misturam padrões de design, revela pesquisa de dez anos

        PEDRO DINIZ, Memórias enraizadas trocadas de geração em geração entre a África e o Brasil são mais comuns do que supõem as publicações brasileiras de história da moda e do design. Esse é um dos motes do novo livro do tecelão Renato Imbroisi e da jornalista Maria Emília Kubrusly, "Lá e Cá: Trocas Culturais entre o Brasil e Países Africanos de Língua Portuguesa", resultado de uma pesquisa de dez anos em países como Moçambique e São Tomé e Príncipe. Salta aos olhos a estrutura têxtil muito parecida apresentrada em produtos de tapeçaria e cestaria do Brasil e dos países africanos. A obra, que é toda ilustrada, joga luz nas semelhanças entre a produção artesanal feita em Muquém (MG) e Maciene, na província africana de Gaza – e também na criação de acessórios de grifes refinadas como a italiana Bottega Veneta e a brasileira Serpui Marie. O trançado usado ...

    Leia mais
    girosafrobrasileiros 3-300x200

    Metodologia de ensino voltada para história e cultura africana é desenvolvida em espaços comunitários

    Iniciativa: Curso de Educação Popular  Pública ou Privada: Pública Descrição: Diante da falta de recursos culturais destinados aos bairros periféricos da cidade de São Paulo (SP), moradores dessas regiões vêm articulando e construindo seus próprios centros culturais, movimentos artísticos independentes e saraus de música e poesia, nos quais trocam as mais diversas experiências que vivenciam em suas comunidades. Por: Allan da Rosa   Inspirado nessa mobilização cultural da periferia, é que, em 2009, nasceram cursos que tinham como  objetivo levar a história afro-brasileira para os bairros periféricos da cidade, em aulas gratuitas, apresentando conceitos para além daqueles apresentados pelos tradicionais livros didáticos. As atividades também têm como intuito influenciar professores, coordenadores pedagógicos e movimentos sociais na discussão sobre o tema, mostrando um curso que inter-relaciona geografia, poesia, teatro, samba, cerâmica e demais elementos presentes na cultura africana, propondo, assim, uma educação popular transdisciplinar e em diálogo com espaços de produção de conhecimento na ...

    Leia mais
    matheus

    Mateus Bahiense e os percussionistas da Roda de Djembes lançam o disco “Djun”

    Artista já tem planos para outro álbum e um DVD   Foram 10 anos de trabalho até que o baterista Mateus Bahiense e os percussionistas da Roda de Djembes chegassem ao recém-lançado disco instrumental 'Djun'. O entrosamento e a consciência do que deveria ser gravado no estúdio, ano passado, em Belo Horizonte, eram tamanhos que ele e os outros oito músicos registraram as oito faixas em inacreditáveis 20 horas – e cada uma foi tocada três vezes. Uma mistura benfeita de elementos africanos e brasileiros, com um tempero sutil de eletrônica. A Roda de Djembes, lembra Mateus, começou na Feira Hippie, no Centro da capital mineira, em 2003. O objetivo sempre foi o de estudar semanalmente ritmos do Centro-Oeste africano. "Virou uma atividade, um grupo artístico, quando sentimos a necessidade de tocarmos e não ficarmos só no estudo", conta ele. O grupo se encontra até hoje no centro Espaço Cultural ...

    Leia mais
    benda bilililii 1

    Mostra África Hoje acontece a partir do dia 26 em Salvador

    De 26 de novembro a 01 de dezembro Salvador recebe, na Caixa Cultural, a 2a edição da mostra de documentários "África Hoje". Com idealização de Marco Abujamra, realização e coordenação de Mariana Marinho e curadoria de Luciana Hees, o evento oferece um vasto panorama da produção africana contemporânea de documentários, realizados por cineastas de diversas nacionalidades como Senegal, Tunisia, Moçambique, Portugal, Egito, Inglaterra, EUA entre outros.   A mostra "África Hoje" exibirá 18 filmes - entre longas e médias metragens – a maioria inédito no circuito comercial. Os documentários abordam temas múltiplos do universo dos países africanos, alguns muito próximos da realidade brasileira, despertando uma reflexão sobre as diversas maneiras de lidar com questões complexas. Entre eles, está o filme de abertura "Rouge Parole" (Tunísia/ 2011), um dos principais relatos sobre a Revolução da Tunísia, eleito um dos 12 melhores documentários de 2012 pelo MOMA (Museu de Arte Moderna de ...

    Leia mais
    ALAI disponibiliza video sobre Marujadas

    ALAI disponibiliza video sobre Marujadas

        Salvador (Brasil) – A Agência Afro Latina Euro Americana de Informação está disponibilizando o vídeo “ Ooô da Marujada” em seu canal Cine ALAI. Trata-se de um video-documentário cultural produzido em agosto deste ano na cidade do recôncavo baiano, Saubara, como cobertura do I Encontro de Cheganças da Bahia, organizado pela Associação Chegança dos Marujos Fragata Brasileira. “O vídeo é apenas uma mostra do que a organização pode fazer através do seu projeto ALAI House”, explica Ana Alakija, coordenadora dos projetos de informação da entidade, “que tem o objetivo de proporcionar a profissionais e estudantes a experiência com produção e edição de imgens, audios e vídeos afro-etnicamente centrados”. “A ALAI é uma entidade de utilidade pública, então toda a sua produção é disponível para ser reproduzida por organizações do movimento social, através de seus canais de mídia e também por pessoas individualmente, interessadas na informação com esse foco”, diz Alakija, ...

    Leia mais
    Sergio Guerra - Negro Amor

    Festival Literário sobre cultura negra em São João de Meriti

    A cidade de São João de Meriti recebe o Festival Literário Internacional da Diáspora Africana, que tem como tema "A composição da produção literária e artística afrodescendente contemporânea", de 20 a 23 de novembro, na Praça da Matriz, com participação gratuita. O evento contará com palestras, feira, espetáculos artísticos e circuito gastronômicos, todos voltados para a cultura negra. As inscrições são gratuitas, mas quem quiser, pode também doar um livro. O período de inscrições vai do dia 11 a 15 de novembro pelo portal www.ifrj.edu.br/flidam. As vagas são limitadas. o evento tem entre seus objetivos garantir o espaço de promoção e visibilidade dos escritores afrodescendentes e celebrar os 10 anos da lei 10.639/2003, que inclui no currículo oficial da rede de ensino a temática "História e Cultura Afro-Brasileira". SERVIÇO O QUE: FLIDAMQUANDO: de 20 a 23/11Quartas, Quintas, Sextas e Sábados das 09:00 às 20:00QUANTO: Catraca LivreONDE: Praça da Matriz - ...

    Leia mais
    Saciata-300x225

    Halloween que nada, 31 de outubro é Dia do Saci

    Para Chico Nunes, professor de Filosofia da Faculdade Cásper Líbero, a figura do folclore nacional representa a resistência dos setores mais humildes e também uma resistência da cultura brasileira Por Isadora Otoni Para a maioria dos brasileiros, a principal comemoração do dia 31 de outubro é o Halloween. Menos para aqueles que defendem a cultura nacional em detrimento da estrangeira. Para eles, o último dia do mês é reservado para o Dia do Saci, figura folclórica brasileira que perdeu seu valor nas grandes metrópoles. Entretanto, grupos como a Sociedade dos Observadores de Saci (SOSACI) e a Associação Nacional dos Criadores de Saci (ANCS) buscam manter o Saci na memória. Chico Nunes, professor de Filosofia da Faculdade Cásper Líbero e membro do SOSACI, coordena duas iniciativas inusitadas para resgatar a figura do Saci em São Paulo. No dia 30, com auxílio do jornalista esportivo Celso Unzelte, ele faz uma partida de ...

    Leia mais
    63705 532578273496711 1234825897 n

    São Paulo: 4ª Festa do Saci e seus amigos

    A festa do Saci e seus amigos é uma iniciativa de diversos movimentos populares e culturais que acontece desde 2010. Tem como objetivo promover a cultura popular brasileira de maneira reflexiva, criativa e muito divertida. Em nosso movimento procuramos envolver comunidades diversas, escolas públicas e movimentos culturais de diferentes linguagens. Se envolva nessa também! Porque no fundo, no fundo, somos todos Sacis! A festa e a entrega do III Prêmio Sacy ocorrerá no dia 03 de Novembro de 2013. O local da realização da festa e da entrega dos Prêmios será o Parque Municipal Juliana de Carvalho Torres - Cohab Raposo Tavares, Km 19 da Rodovia Raposo Tavares. A festa será constituída por: • Comidas típicas da cultura popular brasileira – milho, mandioca, Cará, Inhame, sucos e chás diversos etc... • Brincadeiras populares – jogo de taco, brincadeiras com cordas, elástico, futebol de golzinho, amarelinha etc... • Pinturas diversas, inclusive ...

    Leia mais
    Candomblé à francesa: Gisele Cossard, a mãe de santo Omindarewá, abandonou tudo para viver para a religiâo

    Candomblé à francesa: Gisele Cossard, a mãe de santo Omindarewá, abandonou tudo para viver para a religião

      Marina Navarro Lins, Para encontrar a casa da mãe de santo Omindarewá, no bairro Santa Cruz da Serra, em Duque de Caxias, é só perguntar pela francesa. Os muros altos escondem uma grande construção, com os quartos dos filhos de santo e dos orixás, e um jardim repleto de Irokos (árvores sagradas). Sob roupas e colares típicos do candomblé - religião de origem africana -, uma senhora de olhos azuis desafia os seus 90 anos e comanda um dos terreiros mais conhecidos do Brasil. Gisele Cossard nasceu em uma família francesa e católica, que morava no Marrocos, em 1923. O pai era professor e a mãe, pianista. Voltou para a França e esteve no olho do furacão durante a Segunda Guerra Mundial.     - Abrigamos o filho de um amigo da família, que estava fugindo dos alemães, e participei da resistência com ele. Enviávamos informações sigilosas para a ...

    Leia mais
    image mini

    Manifesto antirracista, livro mistura artes plásticas e poesia

    O artista plástico Elvis da Silva apresentou nesta quinta-feira (10/10) na Câmara Municipal de Campinas, um livro com características bastante particulares. Denominado "Jamaica Brasileira", o livro foi concebido em conjunto com o escritor Edgar de Souza Silva, e mistura artes plásticas, prosa e poesia. Nascido como a missão de valorizar a diversidade étnica que caracteriza o povo brasileiro, acabou se transformando numa especie de manifesto antirracista. O projeto do livro tem raízes profundas e surgiu quando Edgar, então com 17 anos (hoje tem 30) imaginou um lugar isolado do mundo onde crianças de diferentes origens seriam criadas sem resquícios de racismo. Inspirada na formação multicultural do Brasil, ele chamou a ilha de "Jamaica Brasileira". "Os sons que surgem da leitura são como uma batida quase perfeita, misturando hip hop com samba, cordel com erudito, uma distribuição harmônica de arranjos que nos remete aos sons produzidos pela juventude brasileira em suas ...

    Leia mais
    cultura domingo

    Encontro de Culturas Populares termina domingo (6)

    O encontro avalia as políticas públicas de cultura implantadas nos últimos dez anos e propõe diretrizes para o fortalecimento das ações Nesta quinta-feira, 3 de outubro, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, participa da abertura oficial do Encontro de Culturas Populares e Tradicionais, no SESC Itaquera, em São Paulo. Também estarão presentes na solenidade a secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural, Márcia Rollemberg; o diretor regional do SESC/SP, Danilo Santos de Miranda; o presidente de honra do Fórum para as Culturas Populares e Tradicionais, Mestre Alcides; e o Secretário Municipal de Cultura de São Paulo, Juca Ferreira. O evento teve início no dia 1º e se estenderá até o dia 6 de outubro, próximo domingo. Esta é a 7ª edição do encontro que tem a finalidade de avaliar as políticas públicas de cultura implantadas nos últimos dez anos e de propor diretrizes para o fortalecimento das ações. Diversidade A ...

    Leia mais
    cia-saude

    A saúde da mulher negra sobe ao palco, em produção da periferia paulistana

    Baseado em histórias reais, espetáculo Sangoma, da Cia. Capulanas, aborda saúde cultural, física e psíquica da mulher afrodescendente por Xandra Stefanel São Paulo – A Capulanas Cia. de Arte Negra apresenta até dia 9 de novembro sua terceira peça teatral, Sangoma, que traz à tona um universo místico permeado de histórias de amor, dor, superação e possibilidades de cura. A companhia é formada por jovens artistas negras que têm o propósito de dialogar com a sociedade sobre as descobertas, os anseios e as percepções de mulheres negras e periféricas. Ambientada em uma casa onde os espectadores percorrem cada cômodo sentindo de perto a força do depoimento das personagens, a peça sugere que a construção negativa da identidade atinge o corpo físico. Sangoma, na verdade, são as mulheres escolhidas espiritualmente por seus ancestrais para dar continuidade aos trabalhos de cura espiritual e física dentro das comunidades zulus, na África do Sul. ...

    Leia mais
    sao-benedito-2013

    Festa religiosa de São Benedito acontece neste final de semana

    Nesta quinta-feira, 26, tem início na capela de São Benedito o Tríduo Solene em honra ao Santo, com a bênção das chaves, tendo prosseguimento na sexta-feira, 27, com a bênção das famílias. O encerramento do Tríduo será no sábado, 28, durante a celebração da Missa Afro-Brasileira. No sábado, às 15h, acontecerá na Capela a bênção das Crianças. Às 19h, Levantamento do Mastro e em seguida a Missa Afro-Brasileira. No domingo, dia da festa, será celebrada na Capela de São Benedito a Missa Festiva às 7h, com a comunhão geral da Irmandade e dos devotos. Às 9h, Missa das Irmandades filiadas à CONISB e às 10h30, Missa Solene com a participação da Corte de São Benedito e representantes das Irmandades. O encerramento das cerimônias religiosas será às 17h com a tradicional Procissão de são Benedito. TRÂNSITO DURANTE AS FESTAS – Desde quarta feita estão interditados o Largo São Benedito e o entorno ...

    Leia mais
    424700 expomrl2

    Exposição no Museu Regional do Livro aborda cultura afro-brasileira

    Literatura negra estaria relacionada às formas da percepção do mundo, segundo pesquisador   Com o objetivo de abordar a cultura afro-brasileira, a Univates promove, por meio do Museu Regional do Livro, a exposição Versos negros, vozes negras. A mostra poderá ser conferida no Espaço Arte 7, até o dia 29 de setembro. A exposição comemora a 7ª Primavera dos Museus, que conta com o tema Museus, Memória e Cultura Afro-brasileira, trazendo poemas retirados do livro Sonetos Brasileiros, de Laudelino Freire. Conforme o pesquisador Alvaro Hattnher, literatura negra é aquela escrita por autores negros, com a visão de mundo e a experiência de sujeitos históricos que se reconhecem e se afirmam como negros. Nesse sentido, a eficácia estética da literatura negra estaria diretamente relacionada às formas de percepção do mundo e aos valores de uma experiência negra. Na mostra, o Museu dá voz a alguns autores negros, mulatos, pardos e mestiços ...

    Leia mais
    Tema-2014

    “Abertas as Inscrições para 40º Festival de Música Negra do Ilê Aiyê”

    Estão abertas as inscrições para o 40º O Festival de Música Negra do Ilê Aiyê, com o tema: “Do Ilê Axé Jitolú para o mundo, ah! Se não fosse o Ilê Aiyê!”. Nesse primeiro momento, estão sendo inscritas as músicas da categoria poesia. Este Festival é a principal fonte para o repertório da Band’Aiyê e da Banda Erê em apresentações locais ou internacionais. Para os compositores iniciantes ou consagrados, o FMN pode representar uma possibilidade de tornar o seu trabalho visível ou, simplesmente, expressar sentimentos de auto-estima. As inscrições estão abertas a todos os compositores, de qualquer Estado do Brasil. Não é permitido o uso de qualquer instrumento que não seja de percussão. Cada compositor pode inscrever um música. As eliminatórias acontecem nos meses de setembro e novembro, nas noites de quarta-feira, na Senzala do Barro Preto. A grande finalíssima será no dia 14 de dezembro de 2013. Para participar do ...

    Leia mais
    Página 4 de 11 1 3 4 5 11

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist