Angela Bassett virá ao Brasil para festival que celebra e exalta a cultura negra

Enviado por / FonteCNN, por Caroline Ferreira

Edição brasileira do Festival "Liberatum" acontece de 3 a 5 de novembro, em Salvador, com ingressos gratuitos

Recentemente indicada ao Oscar por interpretar a Rainha Ramonda, em “Pantera Negra”, a atriz e cantora Angela Bassett foi confirmada como uma das convidadas de honra do Festival “Liberatum Brasil”, que acontece entre os dias 3 e 5 de novembro, em Salvador, Bahia.

Além da estrela, nomes como Viola Davis e Morgan Freeman já foram anunciados pelos organizadores do evento multidisciplinar que exalta e celebra a contribuição cultural dos agentes de mudança e visionários negros globais.

Entre as potências brasileiras que também marcarão presença no festival, há destaque para Lázaro Ramos, Taís Araújo, Iza, Alcione, Majur e Nina Silva.

Coração cultural do Brasil

Considerado o coração cultural do país, Salvador tem a maior população afrodescendente do mundo fora do continente africano. Aliás, mais de 80% de sua população é de origem africana.

Em sua edição brasileira, o “Liberatum” promete um momento cultural extraordinário, com um programa multidisciplinar inspirador para defender a igualdade e diversidade com foco especial na cultura preta.

Por fim, vale reforçar que o evento é gratuito e os ingressos serão disponibilizados no Sympla, na próxima sexta-feira (27), à 17h.

+ sobre o tema

Padrões de beleza que adoecem

Sempre fui magra. Anos após entrar na adolescência, comecei...

Dr. Rosinha: A maioria dos agressores sexuais de mulheres é conhecida

A cada final de ano, os discursos se repetem:...

Estudos de gênero, trajetórias de mulheres e história das ciências no Brasil

Apresentação do trabalho de pesquisa da Dra. Mariana M....

Mais do mesmo

Parecia que enfim um autor de novela havia decidido...

para lembrar

Eu me arrependo dos meus silêncios

Toda mulher que foge do que lhe é imposto...

Histórias da Preta: Homenagem à Heloisa Pires Lima

COM HELOÍSA PIRES LIMA, TREM DE CORDAS E ANANZA...

Eu, feminista, (con)vivo com um homem machista

Segunda para terça-feira. São 00h14 da noite e eu...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=