Depois de criticar ação da PM na periferia, Delegado Geral deixa cargo

O delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Carneiro Lima, deixou o cargo, de acordo com informações do Balanço Geral SP (Record) da tarde desta sexta-feira (23).

O possível substituto para a pasta é o delegado Mário de Leite, atual divisionário da Secretaria de Concursos Públicos da Academia de Polícia de São Paulo. Ele também foi delegado da Seccional de Bauru.

O delegado já havia sinalizado por duas vezes que deixaria o cargo, após o anúncio de que um novo secretário de Segurança Pública assumiria a função no lugar de Antônio Ferreira Pinto.

Onda de violência

As investigações do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) mostraram que agentes da Segurança Pública de São Paulo acessaram a ficha criminal de alguns civis assassinados horas antes dos crimes. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (22) pelo então delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Carneiro de Lima.

— Quando a polícia começa a investigar casos de homicídios múltiplos ou com características de execução, é checada a ficha criminal de todas as vítimas. Isso é procedimento. No momento em que isso foi feito, em alguns casos, foi notado que antes da morte, alguém já tinha visto o registro criminal daquela pessoa.

Matérias relacionadas

“Matar pobre é matar o marginal de amanhã”, Delegado-geral critica ações da PM na periferia

Apenas têm acesso a esse banco de dados, membros da própria Polícia Civil ou da Polícia Militar, além de alguns funcionários da Secretaria de Segurança Pública. A data e hora em que cada pesquisa é feita ficam registradas, assim como o nome de quem fez a busca.

 

 

Fonte: R7

+ sobre o tema

‘O racismo editorial ajuda na manutenção das desigualdades no País’

O ato de contar uma história para pequerruchos é,...

Nós… Mulheres do Século Passado

Idealizado pela professora e escritora Vilma Piedade, NÓS… Mulheres do...

“Creuza Oliveira é uma estrela negra que vem iluminando a nossa trajetória de luta”, diz Luiza Batista

A coordenadora geral da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas...

Parentes de vítimas do “Massacre de Paraisópolis” pedem justiça

Familiares dos jovens assassinados no caso que ficou conhecido...

para lembrar

Sistema prisional entrega jovens de baixa periculosidade às facções

O Estado brasileiro tem investido de forma persistente no...

Mulheres homenageiam Marielle Franco com ilustrações políticas

Mulheres homenageiam Marielle Franco. Em meio à repercussão entorno da...

‘Marielle fez de mim um feminista’, diz pai de vereadora

Aos 66 anos, Antonio Francisco da Silva sabe cozinhar...
spot_imgspot_img

Pacto em torno do Império da Lei

Uma policial militar assiste, absolutamente passiva, a um homem armado (depois identificado como investigador) perseguir e ameaçar um jovem negro na saída de uma...

Enviado ao STJ, caso Marielle passa a ter dois eixos de apuração: executores e mandantes

O caso da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, assassinados em 2018, foi dividido em dois eixos. Uma parte segue no Rio...

Atirador mata três homens negros na Flórida; crime teve ‘motivação racial’, diz polícia

Um homem branco matou três homens negros do lado de fora de uma loja de descontos em Jacksonville, no estado americano da Flórida, em...
-+=